https://revistagesec.org.br/secretariado/issue/feed Revista de Gestão e Secretariado (Management and Administrative Professional Review) 2023-01-30T14:11:14+00:00 Atendimento GeSec - Revista de Gestão e Secretariado editor@revistagesec.org.br Open Journal Systems <p align="justify"><strong>The Revista de Gestão e Secretariado (Management and Administrative Professional Review) - GESEC </strong>aims to publish original research in order to contribute to the promotion and dissemination of key issues in business management and related areas. The GESEC is published by <strong>Editora Contemporânea Ltda</strong>. The <strong>GESEC</strong> content aspires to be relevant and interesting to a wide readership, which adds to the understanding and discussion of management and academia worldwide. To be published in the <strong>GESEC journal</strong>, authors must adhere to high standards of research and contribute to theory and/or practice in related areas, regardless of whether the level of analysis is the organization, region or country.</p> <p align="justify">The <strong>GESEC </strong>challenges potential authors to produce high quality distinguished research, well grounded in theory and with high methodological rigor. The demonstration of an effective conceptual contribution will be considered in the journal's editorial process.</p> <p align="justify">To submit your paper (<strong>English, Portuguese and Spanish language</strong>), please visit the online submission page (login and download template). All articles are subject to a double-blind review process. <strong>GESEC Journal</strong> require a Contributer ID (see <strong><a href="http://www.redalyc.org/acercadeautores.oa" target="_blank" rel="noopener">ORCID and Redalyc ID</a></strong>) for all authors. ORCID is a persistent unique identifier for researchers and functions similarly to an article’s Digital Object Identifier (DOI). ORCIDs enable accurate attribution and improved discoverability of an author’s published work. The author will need a registered ORCID in order to submit a manuscript or review a proof in this journal.</p> <p align="justify">This journal <span style="text-decoration: underline;"><strong>is indexing and abstracting in:</strong></span> <strong>WEB OF SCIENCE</strong>, REDALYC (MEXICO), Directory of Open Access Journals (DOAJ) Ebsco Host Publishing, Cengage Gale Learning, PKP Index, Google Scholar and OpenAire (See Indexing &amp; Abstracting page).</p> <p align="justify">In the drive to succeed in its mission, in addition to the traditional editorial, the journal offers:</p> <p>• Articles</p> <p>• Perspectives</p> <p>We are currently on the Sucupira Platform with the following extracts, <strong>Qualis CAPES 2017-2020 (A4):</strong></p> <p>PUBLIC AND BUSINESS ADMINISTRATION, ACCOUNTING AND TOURISM - A4<br />COMPUTER SCIENCE - A4<br />POLITICAL SCIENCE AND INTERNATIONAL RELATIONS - A4<br />AGRICULTURAL SCIENCES I - A4<br />LAW - A4<br />EDUCATION - A4<br />ENGINEERING I - A4<br />ENGINEERING II - A4<br />ENGINEERING III - A4<br />TEACHING - A4<br />INTERDISCIPLINARY - A4<br />LINGUISTICS AND LITERATURE - A4<br />URBAN AND REGIONAL PLANNING / DEMOGRAPHY A4<br />PSYCHOLOGY - A4<br />COLLECTIVE HEALTH - A4<br />SOCIOLOGY - A4</p> https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1499 Governança do conhecimento: identificação das perspectivas a partir da análise de conteúdo da produção científica 2023-01-07T09:27:41+00:00 Paulo Henrique de Almeida paulo.almeida@ifpr.edu.br Helena de Fátima Nunes Silva helenanuness@gmail.com João Augusto Wendt Mischiatti joaomischiatti@hotmail.com <p>O conhecimento individual, base para a existência do conhecimento organizacional é influenciado por diversos fatores individuais e organizacionais que permitem ou não que o conhecimento seja criado ou compartilhado. Além da Gestão do Conhecimento, surge uma abordagem interdisciplinar emergente, que permeia os campos da gestão do conhecimento, os estudos de organização, a estratégia e a gestão de recursos humanos. A Governança do Conhecimento (GovC) consiste na implantação de mecanismos de governança influenciando os processos de conhecimento. O objetivo foi identificar as possíveis perspectivas apresentadas na literatura, além de verificar se existe um alinhamento entre elas. A partir da pesquisa bibliográfica e por meio da análise de conteúdo, buscou-se identificar as possíveis perspectivas sobre a GovC, realizando uma análise por clusters dos autores. Na sequência, com auxílio do software Iramuteq, realizar a análise dos documentos selecionados de que tratam do tema de GovC. Foi possível identificar três perspectivas de GovC (economia do conhecimento; eficiência econômica e; sustentabilidade e fatores sócio-culturais), e que trazem a ideia de que a Governança do Conhecimento se refere ao conjunto de instituições, das estratégias corporativas, tipos de transações, regras e formas de interação dos mecanismos de governança visando o uso, criação ou produção, troca ou compartilhamento, retenção ou absorção e uso do conhecimento. Como contribuição teórica pode-se observar, principalmente nos conceitos de Governança do Conhecimento que existe uma relação direta com a Gestão do Conhecimento. Como contribuição metodológica a utilização do software Iramuteq para a identificação das perspectivas.</p> 2023-01-06T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Paulo Henrique de Almeida , Helena de Fátima Nunes Silva , João Augusto Wendt Mischiatti https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1500 Análise da aderência da Lei de Newcomb-Benford como red flag para identificação de padrões inesperados nas ordens de pagamento emitidas pela Administração Pública Federal no Brasil 2023-01-07T09:27:33+00:00 Luciano Souza Gonçalves lucianosouza.acc@gmail.com Ivone Vieira Pereira ivoneprecisao@gmail.com Claudemir Bertuolo Furnielis cbertuolo@uol.com.br Leninne Guimarães Freitas leninne@unirv.edu.br <p>A contabilidade registra os eventos econômicos e financeiros ocorridos em organizações variadas, como públicas, privadas e sem finalidade lucrativa. No curso das atividades normais é necessário realizar verificações e confirmações a fim de que seja possível certificar que os resultados apresentados estão de acordo com a realidade patrimonial e financeira nos termos das regras contábeis vigentes. Nesse contexto, as <em>red flags </em>podem auxiliar os avaliadores a estruturarem suas estratégias de investigação e auditoria. Isto porque as <em>red flags </em>são sinais de alerta para fraude que indicam áreas para maior atenção por parte dos auditores. Uma técnica ainda pouco explorada e que tem ganhado atenção se chama Lei de Newcomb-Benford (Lei-NB), que, pelas características, pode ser considerada uma potencial <em>red flag</em>. Ela preconiza que, em uma relação de números qualquer, a probabilidade do 1º dígito de cada um desses números ser 1 é maior do que ser 9. Um ajuste fraco à lei é uma <em>red flag</em> de que há risco de que os dados contenham duplicações anormais e anomalias. Neste trabalho, optou-se por aplicar os testes estatísticos Teste Z e o Teste X². A partir da análise, verificou-se que alguns ministérios apresentam frequência do primeiro dígito diferente daquele proposto pela Lei-NB. Alguns ministérios, como os da Infraestrutura, da Agricultura, a Controladoria-Geral de União e a Advocacia-Geral da União, apresentaram uma realidade próxima ao esperado, enquanto outros, como os da Ciência e Tecnologia, da Educação, da Justiça e Segurança Pública, do Desenvolvimento Regional e da Saúde, apresentaram números bastante discrepantes.</p> 2023-01-06T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Luciano Souza Gonçalves , Ivone Vieira Pereira , Claudemir Bertuolo Furnielis , Leninne Guimarães Freitas https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1501 Gestão de viagens: uma análise qualitativa da demanda pela criação de um manual para melhorar o desempenho do profissional de Secretariado, nesta atividade 2023-01-07T09:27:25+00:00 Debora Aparecida Ferreira lumartins2601@gmail.com Luana Martins debora.ap.ferreira@outlook.com Maria do Carmo Ferreira Lima mariadocarmo@fatecsp.br <p>O objetivo geral deste artigo foi verificar a demanda para propor aos futuros profissionais a elaboração de um manual sobre gestão de viagens que auxilie nas diversas necessidades de quem lida no cotidiano secretarial com a missão de enviar e receber viajantes de negócios. Nesse sentido, buscou-se esclarecer como atua um profissional de secretariado quando está no papel de um gestor de viagens, independente do cargo ocupado na organização.&nbsp; Destaca ainda o papel das políticas de viagens e com quais ferramentas é possível otimizar processos. Foi utilizada a pesquisa qualitativa com um levantamento bibliográfico, assim como uma abordagem analítica tanto quali quanto quantitativa das informações e opiniões dos respondentes sobre o tema pesquisado. Os resultados obtidos permitiram verificar que os entrevistados têm dúvidas de como executar a gestão de viagens, a maioria não teve contato com nenhum manual e gostariam de tê-lo. Conclui-se que, apesar de ser uma tarefa considerada importante na profissão, ainda há diversas dúvidas acerca de como gerir uma viagem, muitos não sabem como iniciar ou o que priorizar, eles necessitam de um manual que contemple tudo o que é preciso fazer e quais os passos a serem seguidos para ter sucesso.&nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> 2023-01-06T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Debora Aparecida Ferreira , Luana Martins , Maria do Carmo Ferreira Lima https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1502 Telemedicina: oportunidades para administradores 2023-01-07T09:27:15+00:00 Cristian Guajardo Cruces cguajardo@ubiobio.cl Carlos Torres Navarro ctorres@ubiobio.cl Fredy Troncoso Espinosa ftroncos@ubiobio.cl Juan Maldonado Riquelme jmaldona@ubiobio.cl <p>Este trabajo describe el área de la telemedicina como herramienta de gestión para el sistema público de salud en Chile. Se incluye las tres áreas relevantes como lo son la descripción de los procesos involucrados, las tecnologías de la información utilizadas y los diversos recursos humanos y materiales necesarios para aumentar la calidad de los servicios ofrecidos a los pacientes a través de los hospitales públicos en la Octava región en Chile.&nbsp; Se describe un proyecto de teleasistencia financiado por organismos del Estado y se muestran sus resultados preliminares.&nbsp; Además se identifican áreas futuras de desarrollo con el fin de incentivar a profesionales de la ingeniería para que se involucren en la investigación y desarrollo del sistema público de salud.</p> 2023-01-06T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1503 Atividades empreendedoras em universidades: estudo de casos múltiplos em universidades paranaenses 2023-01-07T09:27:07+00:00 Vivien Mariane Massaneiro Kaniak vivikaniak@gmail.com Rivanda Meira Teixeira rivandateixeira@gmail.com <p>A universidade empreendedora é entendida como capaz de promover novas alternativas em sua comunidade, à medida que identifica novas oportunidades de empreendimentos que trazem impactos sociais e econômicos A literatura desenvolvida sobre o tema nas últimas décadas denota a preocupação dos pesquisadores em compreender o que pode ser feito para aperfeiçoar e impulsionar as universidades no desenvolvimento de atividades empreendedoras. Este estudo tem como pergunta norteadora central: como as universidades paranaenses desenvolvem atividades empreendedoras por meio de suas agências de inovação/NITs? Essas agências são de fundamental importância no suporte à criação e à transferência das tecnologias e no desenvolvimento de ações empreendedoras das universidades. Foi realizado um estudo qualitativo por meio da estratégia de estudo de casos múltiplos com sete universidades localizadas no Estado do Paraná e a análise dos casos permitiu a comparação das principais atividades empreendedoras desenvolvidas nas universidades. Esse estudo tem como contribuição teórica ampliar a compreensão de como as atividades empreendedoras desenvolvidas pelas agências de inovação/NITs nas universidades podem orientar a sua atuação para atender as demandas da sociedade e dos mercados.&nbsp; Além disso, novos <em>insights</em> sobre o tema podem levar gestores a assegurar vantagens que garantam a sustentabilidade da universidade e responder prontamente aos desafios.</p> 2023-01-06T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Vivien Mariane Massaneiro Kaniak , Rivanda Meira Teixeira https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1504 A disciplina contabilidade tributária e o mercado de trabalho 2023-01-10T09:28:50+00:00 Marcello Sartore de Oliveira msartoliveira@gmail.com <p>A presente pesquisa teve por objetivo analisar se as IES (Instituições de Ensino Superior) bem como o CFC (Conselho Federal de Contabilidade), através do Exame de Suficiência, estão realçando a disciplina Contabilidade Tributária de modo pertinente com o que o aluno irá deparar no mercado de trabalho.&nbsp; A metodologia utilizada neste estudo recaiu sobre a pesquisa qualitativa, envolvendo 15 melhores cursos de Ciências Contábeis, conforme o Ranking Universitário da Folha de São Paulo, de 2014, com o propósito de se analisar a carga horária disponibilizada para a disciplina Contabilidade Tributária.&nbsp; A pesquisa incluiu o Exame de Suficiência, no que se refere à atenção dispensada a disciplina.&nbsp; E, por fim, questionários foram distribuídos com a finalidade de examinar a opinião dos alunos de Contabilidade da UFRRJ, que já se formaram ou que se encontram na fase final do curso, em especial aqueles que já estejam inseridos no mercado de trabalho, acerca da oferta da disciplina Contabilidade Tributária.&nbsp; Os dados analisados demonstraram&nbsp; que os tributos são responsáveis por 45,4% de todo o custo da indústria de transformação - significando que quase metade de tudo que é produzido pela indústria é direcionado para o pagamento de tributos -, por 35,0% do PIB dos serviços, construção civil e serviços industriais de utilidade pública e por 40,23% da receita bruta operacional do setor energético.&nbsp; Dessa maneira, por impactar de forma expressiva o custo de produção das organizações, a área tributária é de extrema relevância para o profissional contábil.&nbsp; Entretanto, em que pese sua importância para o aluno de contábeis, observou-se que a disciplina Contabilidade Tributária é ofertada, na sua maioria, em apenas um período, não sendo suficiente para preparar o futuro contador para o mercado de trabalho, conforme respostas apresentadas por 96,4% dos entrevistados da UFRRJ.&nbsp;&nbsp;&nbsp; Outro paradoxo observado se refere ao CFC, ao dispensar no Exame de Suficiência, historicamente, em média, apenas 1,5 questões de cunho tributário dentre as 50 possíveis.&nbsp; O baixo número de questões, bem como não constar a disciplina Contabilidade Tributária no conteúdo programático desse exame, de forma direta, faz com que a referida disciplina, apesar de sua relevância na área contábil, seja considerada pelos alunos com uma das menos relevantes para a realização do exame. A presente pesquisa evidenciou que a área acadêmica, devido à baixa carga horária disponibilizada a Contabilidade Tributária, conforme apontado na maior parte das instituições analisadas, bem como CFC, por transmitir pouca ênfase à disciplina, através de seu exame para obtenção de registro, deixam de desenvolver habilidades e atributos necessários aos alunos de Contábeis que irão ingressar na área tributária, acentuando, assim, uma discrepância entre o que os contadores realizam e o que os acadêmicos ensinam.&nbsp; Por fim, conclui-se que caso o Contador não seja preparado para atuar de forma proativa na gestão dessa relevante despesa, outros especialistas inevitavelmente irão assumir essa função, em especial aqueles que possuam familiaridade com o Direito Tributário.</p> 2023-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Marcello Sartore de Oliveira https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1505 A disciplina projeto integrador e a produtividade acadêmica: impactos em uma instituição federal de ensino 2023-01-10T09:28:41+00:00 Laíse do Nascimento Silva laisesilva@alu.ufc.br Raiane Freitas Silva raianefreitass21@gmail.com Elane dos Santos Silva Barroso elane.silva@ifpi.edu.br Linnik Israel Lima Teixeira linnik.lima@ifpi.edu.br Marcos Antônio Cavalcante de Oliveira Júnior marcos.cavalcante@ifpi.edu.br <p>A interdisciplinaridade representa uma ligação de conhecimentos advindos de áreas diferentes presentes em um mesmo contexto. Administração, por sua vez, abrange diferentes saberes que são conectados de forma interdisciplinar o que oportuniza a preparação de formandos capazes de articular a teoria e a prática, fortalecendo o ensino, pesquisa e extensão. Assim, o presente estudo tem como objetivo analisar o impacto da disciplina Projeto Integrador na produtividade científica dos discentes e docentes de uma instituição federal. Utilizou uma abordagem qualitativa de caráter exploratório apoiando-se na análise bibliográfica-documental. Os resultados revelaram um crescimento consistente no número de publicações concluindo que o impacto da disciplina Projeto Integrador tem proporcionado o enriquecimento científico no curso investigado.</p> 2023-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1506 Planejamento da melhoria do processo de compras: uma aplicação 2023-01-10T09:28:31+00:00 Matheus Pereira matheusp85@gmail.com Alexandre Barbosa Marques alexandre.marques@cefet-rj.br Alexandre Ali Guimarães alexandre.guimarães@cefet-rj.br <p>Introdução/Problematização: De modo geral, a compra de itens de baixo custo e baixa complexidade nas empresas representa a maior parcela das transações, consome parte considerável do tempo e da atenção dos profissionais envolvidos, mas tem o menor potencial de economia. Neste contexto, é necessário racionalizar o processo e garantir sua eficácia.Objetivo/proposta: Descrever o planejamento da melhoria do processo de compras de itens de baixo custo e baixa complexidade em uma empresa de óleo e gás (O&amp;G).Procedimentos Metodológicos (caso aplicável): O estudo tem caráter qualitativo e descritivo, tendo sido empregados métodos de coleta de dados bibliográficos, documentais e de observação direta. Quanto à análise dos dados, foram empregadas técnicas de análise de conteúdo e triangulação na análise.Principais Resultados: O plano de melhoria desenvolvido fundamentou-se na criação de um indicador de desempenho da eficiência do processo, na melhor utilização dos sistemas de gestão integrados disponíveis na empresa e na correspondente revisão do fluxograma processual. Considerações Finais/Conclusão: Ficou entendido que mesmo uma empresa de grande porte pode melhorar a eficiência do suprimento com o e-procurement, e que a implantação deste pode ser incremental, começando pelas categorias de compras menos complexas e arriscadas. Contribuições do Trabalho: A aplicação descrita serve de exemplo para empresas e gestores que estejam cogitando a melhoria dos processos de compras, baseando-se em uma situação real de complexidade reduzida e desenvolvendo competências rumo a iniciativas mais abrangentes. Contribui também com um exemplo de aplicação do e-procurement a partir do uso mais extenso dos recursos disponíveis na empresa analisada.</p> 2023-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1507 Aprendizagem ativa: um novo olhar sobre organizações que aprendem 2023-01-10T09:28:23+00:00 Ricardo Freitas da Silva ricardo.freitas@economia.gov.br Maria Júlia Pantoja jpantoja@unb.br <p>Este artigo tem como objetivo analisar a produção científica nacional sobre andragogia, aprendizagem ativa e aprendizagem organizacional, no período de 2015 a 2021, a fim de identificar a contribuição da educação a distância (EAD) no processo de aprendizagem para a&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp; superação dos desafios enfrentados pelas organizações na atualidade. Para tanto, realizou-se uma revisão sistemática da literatura baseada no protocolo de seleção e análise das fontes definido por Cronnin, et al. (2008). A pesquisa qualiquantitativa foi realizada em periódicos com classificação <em>Qualis </em>Capes A1 a B2, na base de dados Web of Science. Utilizou-se mapeamento bibliométrico na análise das publicações e o <em>software </em>Iramuteq para o processamento dos dados lexicais dos resumos dos artigos selecionados. Os resultados advindos da pesquisa apontam para a educação a distância como modelo potencial para o processo educativo capaz de trabalhar diferentes competências organizacionais.</p> 2023-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1508 Um modelo de avaliação de executoras de projetos em assistência técnica e extensão rural 2023-01-10T09:28:14+00:00 Ricardo Cerveira rcerveir@gmail.com Vladimir Oganauskas Filho florestavladimir@yahoo.com.br Wecslei de Angeli Ferraz wecslei.suaf@gmail.com Christiano França da Cunha chfcunha@gmail.com <p>A avaliação de projetos de assistência técnica e extensão rural sempre foi um problema a ser resolvido. Usando os aportes teóricos da eficiência e da satisfação, este artigo propôs um novo modelo para esta avaliação. Um estudo de caso (Projeto Bahia Produtiva) foi usado como objeto para fazer uma aplicação deste modelo. Este estudo de caso iniciou-se utilizando a Análise Envoltória de Dados (DEA, em inglês) para determinar a lista de empresas executoras de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) em relação à sua eficiência. Após isso dados de satisfação dos <em>stakeholders</em> do projeto destas mesmas empresas, disponibilizadas pela entidade gestora do projeto, foram também usados. Como um novo modelo de avaliação proposto elaborou-se uma matriz conjunta com base nestes índices de satisfação e eficiência, assim obtendo-se quatro (04) tipologias das empresas quanto aos seus valores indicados. Observou-se que, com os resultados aqui expostos, esta nova proposta de avaliação permitirá aos gestores públicos uma análise mais assertiva e mais objetiva destas empresas executoras. Portanto notase que este artigo inova ao propor um modelo de avaliação das instituições executoras de Assistência Técnica e Extensão Rural e depois aplicá-lo para um projeto com o uso recursos públicos nacionais e também fontes internacionais.</p> 2023-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1509 Build Up para o custo de capital próprio do setor sucroenergético brasileiro 2023-01-10T09:28:07+00:00 Fabiano Guasti Lima fgl@usp.br Alexandre Assaf Neto alexandreassafneto@gmail.com Haroldo José Torres da Silva haroldo@pecege.com Rafael Confetti Gatsios rafaelgatsios@hotmail.com <p>A determinação do correto custo de capital próprio no setor sucroenergético sempre foi objeto de interesse e discussão. Este trabalho apresenta o objetivo de propor uma metodologia de análise do custo de capital próprio para organizações brasileiras do setor sucroenergético no Brasil. O estudo se justifica pela reduzida quantidade de pesquisas na área e pela heterogeneidade representativa entre as companhias do setor. O trabalho aplica a metodologia <em>build up</em>, conforme proposto por Pratt (2002), para cálculo do custo de capital próprio, além de comparar os resultados com metodologias tradicionais de análise.. Os resultados apontam para maior aderência da metodologia proposta pelo modelo <em>build up </em>nessa pesquisa, consistindo no cálculo do capital próprio das organizações da área sucroenergética no Brasil, durante o período testado.</p> 2023-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1510 Sustentabilidade empresarial e ESG: uma distinção imperativa 2023-01-10T09:27:59+00:00 Fábio Coelho Netto Santos e Silva fcnss11015@gmail.com <p><strong>&nbsp;</strong>A sociedade cada vez mais incorpora as preocupações com as questões ambientais e sociais que possam afetar as gerações futuras, em especial após o alerta da pandemia Covid-19 sobre a interdependência das relações sociais, ambientais e econômicas. Com uma exigência cada vez mais responsável sobre sua forma de atuar perante a sociedade, as organizações se deparam frente a uma propagação do termo ESG pelo mercado financeiro, e que traz também a rediscussão do conceito da sustentabilidade empresarial frente a sociedade. Ambos os conceitos vêm sendo utilizados por muitas empresas de forma indiscriminada e sem a devida conexão com as esferas organizacionais das corporações. Nosso objetivo é esclarecer as diferenças essenciais para que as organizações utilizem as vantagens de ambos os conceitos em sua gestão e estratégia.</p> 2023-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1512 Monitoramentos em auditorias operacionais públicas: procedimentos hábeis para elaboração de planejamentos estratégicos situacionais 2023-01-12T09:28:23+00:00 Cristhian Carla Bueno de Albuquerque Liberal crisalbuquerque80@hotmail.com Antonio Gonçalves de Oliveira agoliveira@utfpr.edu.br Anderson Catapan andecatapan@yahoo.com.br <p>Os monitoramentos têm como finalidade principal aumentar a efetividade das auditorias operacionais ambientais realizadas pelo Tribunal de Contas Paranaense. Objetivando verificar as contribuições destes procedimentos para o desenvolvimento local/regional foi realizada uma pesquisa exploratória por meio de investigação bibliográfica, documental e observação teórico-empírica, apoiando-se em análise descritiva de dados, sobre os procedimentos realizados no referido Tribunal. Constatou-se que, embora estes procedimentos, atualmente, não gerem impactos tendentes a corroborar de forma direta para o desenvolvimento local/regional, eles são uma arena fértil para elaboração de planejamentos estratégicos situacionais (PES), voltados para soluções de problemas ambientais mais complexos, tendentes a gerar contribuições significativas aos níveis locais e regionais.</p> 2023-01-11T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Cristhian Carla Bueno de Albuquerque Liberal , Antonio Gonçalves de Oliveira , Anderson Catapan https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1513 Proposições para o Portal da Transparência do Poder Executivo do Estado de Santa Catarina com foco na área da saúde 2023-01-12T09:28:13+00:00 Gilceu Ferreira gilceuf@gmail.com Fabiano Maury Raupp fabianoraupp@hotmail.com <p>O objetivo deste artigo consiste em propor diretrizes para o aperfeiçoamento da transparência de dados e informações públicas estaduais, com foco na área de Saúde, por meio do Portal da Transparência do Poder Executivo de Santa Catarina. Trata-se de uma pesquisa descritiva e qualitativa. Um&nbsp; modelo de análise foi desenvolvido, baseado em atributos da qualidade da informação, para coletar, diagnosticar e propor conteúdos. Foram considerados os dados dos setores de comunicação e ouvidoria da Secretaria Estadual de Saúde, dos 57 pedidos de informação da Lei de Acesso à Informação (LAI), do ano de 2019 da área da Saúde, e dos 26 portais da transparência das Unidades Federativas (UF). Utilizando a análise documental e de conteúdo, aliado a técnica de triangulação dos dados coletados, foram geradas propostas de melhorias para o aspecto informacional da área da Saúde. A primeira proposta foi o desenvolvimento de uma área temática por meio de páginas contendo informações da Saúde. A segunda recomenda a convergência dos conteúdos existentes a partir de mecanismos de seleção, como filtros de consultas do Portal, para compor a área temática. A terceira propõe 38 conteúdos para serem incorporados na área temática proposta. A proposta de organizar e incorporar conteúdos poderá aperfeiçoar a transparência da área da Saúde, indicando prioridades relacionadas à prestação de serviços. Ao serem implementadas poderão trazer facilidades no acesso, convergência e disponibilidade de conteúdos na Internet para atender as demandas informacionais dos cidadãos e facilitar o exercício do controle social.</p> 2023-01-11T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Gilceu Ferreira , Fabiano Maury Raupp https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1515 Entre livros e fraldas: dilemas e desafios da maternidade durante a graduação 2023-01-13T09:29:11+00:00 Larissa Figueiredo Pessanha larissafigueiredo@id.uff.br <p>Aborda a maternidade e como as mulheres a conciliam com o estudo no ensino superior e tem como objetivo geral compreender a influência da maternidade na experiência das mulheres-mães durante a graduação. Para isso, foi realizado levantamento bibliográfico, com a análise do papel social da mulher e sua inserção no ensino superior, e pesquisa de campo, por meio de entrevistas qualitativas semiestruturadas com dez mulheres que conciliam ou conciliaram maternidade e graduação na última década. A pesquisa permitiu concluir que as mulheres-mães enfrentam muitos desafios para conciliar a maternidade com a graduação e que carecem de políticas públicas que propiciem uma passagem menos traumática por essa experiência. Dentre as políticas, se destacam: aumento de creches universitárias, flexibilidade na entrega de trabalhos acadêmicos, disponibilização de informações sobre licença-maternidade, extensão da licença-maternidade para a continuidade da amamentação, licença-maternidade diferenciada para mães de bebês prematuros e capacitação de professores universitários.</p> 2023-01-11T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1516 O Impacto da digitalização no processo produtivo de injeção plástica 2023-01-13T09:29:03+00:00 Nilson José de Oliveira Júnior njoliveira@uea.edu.br Léo Fernando Castelhano Bruno leobruno@fdc.org.br Sandro Breval Santiago sbreval@gmail.com Manoel Carlos de Oliveira Júnior manoelcarlos@ufam.edu.br Orlem Pinheiro de Lima olima@uea.edu.br <p>A competitividade perpassa vários fatores organizacionais, dentre eles o controle por meio de indicadores da produtividade. Nesse sentido, a digitalização da manufatura tornou-se necessária para o efetivo controle da função de produção nas indústrias. Com essas premissas, o presente estudo procurou avaliar o impacto da digitalização na gestão da produção em uma empresa do Polo Industrial de Manaus que utiliza a injeção plástica como processo produtivo. Para avaliar o grau de impacto da digitalização foram coletados dados e a forma de controle do processo, por meio dos registros históricos da produção nos últimos seis meses. As variáveis consideradas foram: índice de rejeição por problemas de qualidade, produtividade e custos de produção. Com a digitalização do processo de gestão, os resultados mostraram melhoria no índice de defeitos, aumento das quantidades produzidas e redução de custos de produção.</p> 2023-01-11T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1517 Sustainable practices in a higher education institution: an approach to implementation difficulties in the Garanhuns academic unit of the Federal rural University of Pernambuco 2023-01-13T09:28:54+00:00 Carol Soares Bezerra de Sá Peixoto carolsb_peixoto@hotmail.com Rodolfo Araújo de Moraes Filho rodolfo.moraesfo@ufrpe.br Maria Jaqueline da Silva Mandú jaquelinesilv@hotmail.com Agleilson Souto Batista batista_asb@hotmail.com José de Lima Albuquerque jose.limaa@ufrpe.br Antônio Aritan de Oliveira Ventura antonio.ventura@ufrpe.br Romilson Marques Cabral romilson.cabral@ufrpe.br Rafaela Rodrigues Lins rafaela.lins@ufrpe.br <p>Higher Education Public Institutions can be understood as major consumers of goods and services, in the case of Brazil. To lessen the negative impacts of their activities, these entities have a primary role in the dissemination and implementation of sustainable ideas in their administrative routines. Thus, this study investigated the main difficulties faced by public actors in adopting sustainable practices in their administrative routines. The case study methodology was used as methodological strategy, and the research was classified as descriptive, applied in nature and of qualitative approach. The unit of analysis chosen was the Garanhuns Academic Unit of the Federal Rural University of Pernambuco (UAG/UFRPE).For data collection, semi-structured interviews were conducted with 12 servants representatives of strategic sectors of UAG/UFRPE. The data collected through the interviews were analyzed using content analysis. The results showed that the main difficulties in adopting sustainable practices in the workplace were administrative, budgetary and cultural, with the most critical obstacles being the lack of knowledge and training factors on sustainable actions and the scarcity of effective institutional policies. From these results, it is concluded that it is necessary to overcome these difficulties to implement effective sustainable management in the Unit.</p> 2023-01-12T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1518 Ecos committee from Pernambuco – Brazil: a study on the sustainability actions of participating institutions 2023-01-13T09:28:47+00:00 Agleilson Souto Batista batista_asb@hotmail.com José de Lima Albuquerque jose.limaa@ufrpe.br Rodolfo Araújo de Moraes Filho rodolfo.moraesfo@ufrpe.br Ana Dulce da Silveira Gaspar anadulcegaspar@gmail.com Jorge da Silva Correia-Neto jorgecorreianeto@gmail.com Juliana Regueira Basto Diniz juliana.diniz@ufrpe.br Antônio Aritan de Oliveira Ventura antonio.ventura@ufrpe.br Romilson Marques Cabral romilson.cabral@ufrpe.br <p>This article seeks to analyze the importance of socio-environmental actions as tools for structuring sustainability management in the public sphere, with a view to fulfilling corporate responsibility, based on the Ecos Committee from Pernambuco-Brazil. To carry out this study, a bibliographical and documental research was carried out, where scientific articles, resolutions and other bases of formal documents were raised for a wider understanding of the theme in focus. Then,we conducted a survey of the actions put into practice by the Ecos Committee between 2015 and 2017. Confronting their planning with this survey, it was possible to analyze its strategic alignment, confronting theory and practice. The main results point to the existence of feasible public initiatives that endorse sustainability ramifications denoting potential for replication in other organizations, since the Ecos Committee from Pernambuco appears to fulfill its role.Further research initiatives are also presented.</p> 2023-01-12T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1519 Labor relations as an indicator of social responsibility in the perception of employees at the Serra Talhada academic unit of the Federal rural University of Pernambuco 2023-01-13T09:28:38+00:00 Agleilson Souto Batista batista_asb@hotmail.com José de Lima Albuquerque jose.limaa@ufrpe.br Maria Jaqueline da Silva Mandú jaquelinesilv@hotmail.com Jorge da Silva Correia-Neto jorgecorreianeto@gmail.com Carol Soares Bezerra de Sá Peixoto carolsb_peixoto@hotmail.com Rodolfo Araújo de Moraes Filho rodolfo.moraesfo@ufrpe.br Antônio Aritan de Oliveira Ventura antonio.ventura@ufrpe.br Juliana Regueira Basto Diniz juliana.diniz@ufrpe.br <p>The emergence of the concept of sustainable development and social and environmental responsibility in organizations has evolved over time, from a view focused on the economic and legal aspects to a new stance of organizations that includes responsibility in labor relations or the social aspect. In this context of change, both private and public organizations have made efforts to contemplate labor relations in their daily practices and in the decisionmaking process. Public institutions, and within them, Higher Education Institutions (HEI),play a fundamental role in this aspect as a driving force in changing proactive behaviors in relation to their collaborators, in addition to having a training role externally, citizens or future entrepreneurs who have a more humane background and are committed to the quality of life in the work place. In this sense, this study aims to investigate the social responsibility practices contemplated in the management of the Serra Talhada Academic Unit of the Federal Rural University of Pernambuco (UAST/UFRPE), from management and operational practices related to labor relations, besides knowing the perception of the servers about suchpractices. The research adopted a qualitative and quantitative approach and is configured forbeing applied and descriptive in nature. For data collection, questionnaires were used. As a result, it was possible to highlight the concern with the issue of labor relations by the institution since it is formally inserted in it’s management, even if in an embryonic way. However, the perception of the staff differs as to the institutional position regarding socialissues, especially regarding labor relations, suggesting the need for better dissemination of existing actions in UAST.</p> 2023-01-12T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1520 A alimentação escolar e as compras locais da agricultura familiar: uma análise bibliométrica da literatura 2023-01-13T09:28:30+00:00 Joelma Melo da Silva joelmamelo.unb@gmail.com Maria Júlia Pantoja jpantoja@unb.br Mauro Eduardo Delgrossi delgrossi@unb.br <p>Objetivo­ – Revisar a literatura atual sobre a qualidade da alimentação escolar e as compras locais da agricultura familiar, na tentativa de identificar <em>clusters</em> de pesquisadores e apontar necessidades de pesquisas nessa temática.Design – Pesquisa exploratória e descritiva, caracterizada como estudo bibliométrico, com abordagem quantitativa. Utilizando o <em>software </em>CiteSpace versão 5.7.R2, analisou-se 2.042 artigos recuperados da <em>Web of Science</em>. Os resultados foram discutidos à luz da literatura.Análise – Analisou-se a rede de <em>co-citation</em>. &nbsp;Resultados – Por mais de dez anos o <em>cluster</em> “<em>Competitive Food</em>” agrupou o maior número de pesquisadores. Os <em>clusters</em> mais recentes estavam focados na qualidade nutricional da alimentação escolar. O <em>cluster</em> “COMPASS <em>Study”</em> indicou que pesquisadores focalizam estudos longitudinais como possibilidade de integrar pesquisa, avaliação, política e prática preventiva que visem melhorar a saúde dos alunos. O <em>cluster </em>“Rio Grande” indicou que o Brasil demostra maior interesse em relacionar os temas abordados nesta pesquisa. Conclusões e implicações – A centralidade da dimensão nutricional para a qualidade alimentar está sendo deslocada para outros aspectos, tais como, sentimentos do aluno em relação à escola, à comunidade e, o <em>bullying</em>. Dessa forma, a tendência é que os estudos sejam mais abrangentes e as políticas mais inclusivas. No entanto, a contribuição das compras locais da agricultura familiar para a qualidade da alimentação escolar carece ser mais explorada.</p> 2023-01-12T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Joelma Melo da Silva , Maria Júlia Pantoja , Mauro Eduardo Delgrossi https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1521 Análise da viabilidade econômico-financeira para implantação de projeto de produção de energia solar fotovoltaica em uma propriedade rural 2023-01-13T09:28:23+00:00 Silvana Dalmutt Kruger silvanak@unochapeco.edu.br Cleunice Zanella cleunice@unochapeco.edu.br Rodrigo Barichello rodrigo.b@unochapeco.edu.br <p>O consumo de energia elétrica no país e no mundo está cada vez maior. Porém, cada vez mais estão escassos os recursos naturais para geração desta energia. No Brasil as usinas hidrelétricas são uma opção, porém geram grandes impactos ambientais, sendo necessário, portanto, buscar alternativas menos agressivas ao meio ambiente. Diante disso, pode-se destacar a energia solar fotovoltaica, que é uma excelente fonte de energia renovável que vem crescendo gradativamente no decorrer dos anos, pois além de ser uma fonte de energia renovável, traz inúmeros benefícios, sendo os principais o fato de ser uma fonte inesgotável e não poluente de energia. O presente estudo objetivou analisar a viabilidade econômico-financeira da energia solar fotovoltaica como uma alternativa para redução de custos em uma Propriedade Rural de Santa Catarina. Para isso, realizou-se uma pesquisa exploratória, através do estudo de caso em uma Propriedade Aviária, localizada no Oeste do Estado de Santa Catarina. Para a análise da viabilidade econômico-financeira da energia solar fotovoltaica foram analisados o valor presente líquido, payback descontado, valor anual uniforme equivalente e a taxa interna de retorno. Os resultados indicam que o projeto da implantação de energia solar fotovoltaica como alternativa para redução de custos e de diversificação energética é viável para o período analisado, considerando os dados projetados, com uma TMA de 10%, investimento inicial de R$ 203.914,01, com um payback descontado de 5,4 anos.</p> 2023-01-12T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1526 Qual a cor do meu batom? 2023-01-17T09:29:58+00:00 Laurival Siqueira Calçada Junior laurivaljunior15@gmail.com Sergio Luis Catto scatto@gmail.com <p>A empresa Cosméticos Ltda. produtora de artigos para beleza feminina percebe que para crescer tem que oferecer novos produtos ao mercado, mas quais? Diogo, diretor de marketing toma a iniciativa de levar este desafio avante, convencer a diretoria e desenvolver a nova linha de artigos de beleza. Embora a empresa não tenha tradição no desenvolvimento de novos produtos, ele tem a mão vários possíveis novos artigos, além do objetivo de crescer o faturamento em 10%, como escolher quais serão produzidos conquistando a meta?</p> 2023-01-16T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Laurival Siqueira Calçada Junior, Sergio Luis Catto https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1527 Um modelo de programação linear inteira mista para a alocação de funcionários de uma empresa de software 2023-01-17T09:29:49+00:00 Matheus Miranda Adams matheusadams@id.uff.br Dalessandro Soares Vianna dalessandrovianna@id.uff.br Marcilene de Fátima Dianin Vianna marcilenedianin@id.uff.br <p>O objetivo é desenvolver um modelo de programação linear inteira mista para alocação de funcionários a visitas de clientes da empresa Alterdata (filial Macaé/RJ), o qual foi solucionado utilizando o Solver LINGO. Para validação do modelo proposto, foram preparados cinco cenários, os quais possuem perfis inferiores, similares e superiores à realidade diária da empresa. Os experimentos computacionais realizados mostraram um desempenho satisfatório da solução proposta, atendendo, em média 73,7% (mínimo de 56% e máximo de 84%) dos clientes disponíveis – pelo método manual atualmente empregado pela Alterdata, esta alocação costuma ficar abaixo de 60% –. Não foram encontrados trabalhos equivalentes na literatura científica. Desta forma, o modelo matemático proposto é original e inovador para a área. A solução proposta gera uma redução de custo no deslocamento dos funcionários, e possibilita o atendimento de uma quantidade maior de clientes em um determinado período. Além disso, tem-se o ganho de qualidade de vida do funcionário, pois ao consumir um menor tempo em seu deslocamento residência-empresa-residência, há mais tempo para se dedicar a sua vida pessoal. O modelo, desenvolvido para a filial de Macaé, pode ser facilmente adaptado para as outras filiais da Alterdata e para outras empresas que apresentam necessidades semelhantes.</p> 2023-01-16T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1532 Aplicación de enfoque multicriterio y sistema experto para apoyar una gestión de abastecimiento 2023-01-18T09:31:03+00:00 Carlos Torres Navarro ctorres@ubiobio.cl Javier Córdova Neira jcordova@alumnos.ubiobio.cl <p>El objetivo de esta investigación es verificar la factibilidad de integración entre las teorías de inventarios y de sistemas expertos a través del diseño de un sistema informático basado en el conocimiento para apoyar el proceso de toma de decisiones en el área de logística y abastecimiento de una empresa forestal líder en Latino América. La metodología utilizada consistió en una revisión de publicaciones científicas de acceso <em>online </em>sobre modelos de inventarios, criterios de clasificación multicriterio ABC e identificación de los componentes de sistemas expertos basados en el conocimiento. Los resultados permiten disponer de un diseño de sistema experto soportado por planillas Excel, programación de macros en <em>Visual Basic </em>e interacción con un sistema informático de planificación de recursos empresariales. Las principales conclusiones son que es factible la integración entre la teoría de inventarios, la utilización de una clasificación multicriterio ABC con la teoría de sistemas expertos basados en conocimientos de tipo tácito y explícito y además, es posible lograr una reducción del 40% del capital de trabajo retenido en inventarios.</p> 2023-01-17T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1533 Cabotagem brasileira: avaliação do segmento de carga conteinerizada 2023-01-18T09:30:56+00:00 Aldery Silveira Júnior aldery@unb.br Rafael Rabelo Nunes rafael@rabelo.org Bruna Silva de Jesus brunadejesus240@gmail.com Jéssica Arruda Arcanjo jessica-arruda-arcanjo@hotmail.com Josélio Vieira dos Santos joselio@marinha.mil.br Natália Givisiez dos Santos inatyg@gmail.com <p>O Brasil apresenta condições favoráveis à utilização do transporte aquaviário, cujo potencial para navegação é elevado em função das características geográficas do território nacional. O trabalho desenvolvido objetivou avaliar o segmento de carga conteinerizada da cabotagem brasileira, sob a ótica dos usuários. A metodologia utilizada foi a multicritério de apoio à decisão (MCDA). Para tanto, elaborou-se um modelo multicritério de avaliação com o apoio de uma equipe de especialistas em cabotagem. A avaliação global atingiu a nota 6,0, o que demonstra uma certa insatisfação dos usuários com os serviços que lhe são prestados pelas empresas brasileiras de navegação.</p> 2023-01-17T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Aldery Silveira Júnior , Rafael Rabelo Nunes , Bruna Silva de Jesus , Jéssica Arruda Arcanjo , Josélio Vieira dos Santos , Natália Givisiez dos Santos https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1534 Um estudo de caso do controle social dos recursos do FUNDEB no município do RJ: desafios, dificuldades e contribuições do CACS na capital fluminense 2023-01-18T09:30:48+00:00 Carlyle Tadeu Falcão de Oliveira carlyle.falcao@gmail.com Ted Jefferson Pereira da Silva tedjeffersonpereira@gmail.com Thais Andrade da Silva Oliveira tandrade.uerj@gmail.com <p>O controle social dos recursos, destinados às políticas de fundo a ser empregado no incentivo à educação pública, é implementado por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O acompanhamento do Fundeb em relação à distribuição, transferência e aplicação dos recursos direcionados às redes de ensino público, no âmbito dos três níveis de governo, é realizado por meio dos Conselhos de Acompanhamento e Controle Social (CACS). Este estudo visa identificar os desafios, as dificuldades e as contribuições do CACS Fundeb no Município do Rio de Janeiro (RJ), bem como construir apontamentos com vistas ao seu fortalecimento. Utilizou-se de um estudo de caso para explorar e descrever informações e características sobre o CACS Fundeb do Rio quanto às suas funções e estrutura básica, os desafios, as dificuldades e as contribuições apontadas pelos conselheiros do CACS. A percepção desses conselheiros foi que há pouca qualificação para o cargo, inexistência de remuneração, pouco debate em reuniões e entendimento superficial sobre contas públicas. Destacam-se como contributos desta pesquisa: a ampliação da base conceitual da área sobre controle social da Administração Pública; o aperfeiçoamento da gestão da política pública do Fundeb por meio de uma atuação mais efetiva do CACS Fundeb; a possibilidade de trazer para a sociedade carioca, uma reflexão sobre sua contribuição participação no controle social das ações da prefeitura em relação ao Ensino Básico municipal.</p> 2023-01-17T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Carlyle Tadeu Falcão de Oliveira , Ted Jefferson Pereira da Silva , Thais Andrade da Silva Oliveira https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1536 How to perform a simultaneous optimization with several response variables 2023-01-18T09:30:40+00:00 Ronald Palandi Cardoso ronaldpalandi0805@gmail.com José Salvador da Motta Reis jmottareis@gmail.com Dayana Elizabeth Werderits Silva daywerder@gmail.com José Glenio Medeiros de Barros glenio.barros@gmail.com Nilo Antonio de Souza Sampaio nilo.samp@terra.com.br <p>A problem facing the product development community is developing simultaneous solutions of response variables (to several properties) that depends on a number of independent variables or sets of responses. Harrington, among others, addressed this problem and presented a desirability function with a functional approach. Derringer and Suich altered their approach and illustrated how multiple variables can be transformed into a convenience function. This work redid the calculation performed by them using another software and made a comparative discussion of the results found.</p> 2023-01-17T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Ronald Palandi Cardoso , José Salvador da Motta Reis , Dayana Elizabeth Werderits Silva, José Glenio Medeiros de Barros , Nilo Antonio de Souza Sampaio https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1537 Melhorias em um sistema de gestão da qualidade (sgq) utilizando a soft system methodology (SSM) e o analytic hierarchy process (AHP) 2023-01-18T09:30:31+00:00 Aline dos Reis Cordeiro alinereiscordeiro@gmail.com Ethel Cristina Chiari da Silva eccsilva@uniara.edu.br Carlos Magno de Oliveira Valente cmovbr@gmail.com José Luís Garcia Hermosilla jlghermosilla@uniara.edu.br <p>O sistema de gestão da qualidade compreende uma estrutura organizacional robusta, capaz de coordenar e controlar o processo operacional. É imprescindível para as empresas possuírem sistemas de gestão da qualidade que proporcionem padronização nos processos operacionais e melhoria continua. O ambiente dessa pesquisa trata-se de uma empresa moveleira de médio porte que, nos últimos anos, sentiu a necessidade de reestruturar seu Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) de forma que proporcione uma integração entre as diretrizes estratégicas e as funções operacionais da empresa. O objetivo geral desta pesquisa é propor melhorias no Sistema de Gestão da Qualidade para a empresa desse estudo de forma que este dê suporte ao processo operacional, podendo proporcionar à empresa maior facilidade na coordenação de suas atividades operacionais e um controle mais eficiente do processo produtivo. Para realizar essa proposta de melhoria do SGQ, utilizou-se a <em>Soft System Methodology</em> (SSM) que é uma metodologia que oferece um processo estruturado e, ao mesmo tempo, flexível que visa solucionar problemas complexos e proporcionar melhorias, também foi utilizado o <em>Analytic Hierarchy Process</em> (AHP) que é um método de apoio a tomada de decisão e foi utilizado para a priorização de critérios. Destacam-se como principais contribuições dessa pesquisa, a exposição de melhorias do SGQ construído a partir das dificuldades e necessidades da empresa, apontadas por aqueles que fazem parte do SGQ ou que interagem com este nas atividades do dia a dia e, também, o detalhamento das melhorias propostas para o SGQ tendo como linha condutora os requisitos da ISO 9001:2015 com embasamento em metodologias e ferramentas capazes de estruturar problemas complexos.</p> 2023-01-17T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Aline dos Reis Cordeiro , Ethel Cristina Chiari da Silva , Carlos Magno de Oliveira Valente , José Luís Garcia Hermosilla https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1538 Macrofunções do controle interno: um estudo nas instituições de Ensino Superior Federal 2023-01-18T14:04:46+00:00 Bruna Cristina Cordova bruna_cordova@hotmail.com Francini Costa Augustin francini.augustin.1981@gmail.com Luiz Eduardo Croesy Jenkins luizjenkins@ufpr.br Edicreia Andrade dos Santos edicreiaandrade@ufpr.br <p>Este artigo teve como objetivo verificar a atuação das macrofunções de Auditoria, Controladoria, Corregedoria e Ouvidoria das instituições de ensino superior (IES) públicas federais quanto ao atendimento às diretrizes de acessibilidade ao usuário, transparência, acesso à informação, fiscalização e controle na gestão dos recursos públicos, bem como a avaliação e apuração das manifestações da comunidade acadêmica. Para tal, foram avaliadas de forma qualitativa os dados de 63 universidades. Dentre os resultados, no que tange a estrutura organizacional formalizada, definição e divulgação clara de papéis, publicização de suas informações e independência em relação à Alta Administração, observou-se que as Auditorias Internas e Ouvidoria encontram-se, no momento, melhor estruturadas e com índice de implementação em estágio superior do que as Corregedorias e Controladorias. Evidencia-se também que não há ainda uma uniformidade do Sistema de Controle Interno com base na adoção dos aspectos de governança por parte dos elementos que compõem a sua estrutura. Como elemento limitador da pesquisa, destaca-se a ênfase apenas nas Universidades e, a aplicação em Institutos Federais pode levar a outras conclusões.</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1539 Índice de confiança empresarial e ciclo de vida das organizações: um estudo nas micro e pequenas empresas no contexto da Covid-19 2023-01-18T14:08:58+00:00 Luiz Augusto Vale Batista luizaugustovb@hotmail.com Liana Holanda Nepomuceno Nobre liananobre@ufersa.edu.br Fábio Chaves Nobre fabio.nobre@ufersa.edu.br <p>A confiança do empresário é ponto de referência para o sucesso de uma organização, porque confere segurança tanto para a empresa quanto para as pessoas assumirem riscos. Portanto, o empresário deve estar preparado para se reinventar quando houver necessidade. Desde que se iniciou, a pandemia da Covid-19 exigiu a adoção de medidas drásticas para as empresas sobreviverem à crise econômica. Para auxiliar nas soluções em cenários atípicos e radicais como este, pode-se relacionar o ciclo de vida organizacional à confiança empresarial. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa é analisar o índice de confiança dos micro e pequenos empresários em relação às fases do ciclo de vida em que as empresas se encontram, e analisar como esse índice pode afetar o mercado local. Para tanto, realizou-se uma pesquisa <em>survey</em> com as empresas pesquisadas, quantitativa quanto à abordagem e descritiva quanto aos objetivos. Trataram-se os dados por meio de estatística descritiva, testes ANOVA e ANACOR. Como resultados dos dados colhidos, as informações econômicas das empresas analisadas apontaram para o início de uma crise, tendo em vista a variável que aponta para a confiança no futuro, que teve a média 32,54%.</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1540 Mapeamento da produção científica sobre os modelos preditivos de insolvência no Brasil 2023-01-18T14:17:45+00:00 Abigail Alves de Sousa Barbosa abigail.barbosa@alunos.ufersa.edu.br Fábio Chaves Nobre fabio.nobre@ufersa.edu.br <p>No Brasil, os modelos de previsão de insolvência de maior destaque são os de Kanitz (1978), Altman (1979), Matias (1978), Elizabetsky (1976) e Silva (1982), os quais têm inspirado a produção científica a esse respeito, especialmente nos últimos 20 anos. No entanto, o número de revisões da literatura ou mapeamentos bibliométricos nessa área ainda é baixo, com uma representatividade de apenas 5% dos trabalhos reunidos nesta pesquisa. Nesse contexto, com o objetivo de responder sobre a precisão da confiabilidade dos modelos preditivos brasileiros apontada na literatura, a presente pesquisa realizou um mapeamento bibliométrico a partir das bases bibliográficas CAPES e SPELL. Foram extraídos e analisados 42 artigos resultantes da busca pelos termos “insolvência” e “modelos de previsão” nas bases citadas. Os resultados apontam que os pesquisadores dos modelos preditivos frequentemente fizeram relação entre eles e o mercado financeiro e empresarial; e que a maioria das pesquisas realizadas teve como objetivo a construção de um novo modelo preditivo, sendo a provável razão disso apresentada na resposta da pergunta deste artigo: foi apurado que a acurácia da confiabilidade dos modelos preditivos já existentes não é satisfatória. Assim, esta pesquisa, que é qualitativa, contribui para o mapeamento dos trabalhos sobre previsão de insolvência desenvolvidos no Brasil e para a compreensão do seu delinear temático.</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1541 VLT como elemento inovador do transporte público brasileiro 2023-01-18T14:49:48+00:00 Jefferson Vasconcelos Santos jvasconcelos97@yahoo.com.br Aldery Silveira Júnior aldery@unb.br Sandro Gomes Rodrigues sgomesrod@hotmail.com <p>Breve análise do sistema de transporte ferroviário de passageiros de média capacidade denominado Veículo Leve sobre Trilhos – VLT, discorrendo sobre sua potencialidade como elemento inovador na requalificação do transporte e do espaço urbano, bem como sua contribuição no resgate do transporte regional sobre trilhos, sendo neste um indutor do desenvolvimento em regiões fora do perímetro das capitais. O trabalho apresenta a importância do sistema, seu histórico e benefícios nos dois segmentos citados, o que representa um incremento de qualidade ao transporte de massa no Brasil.</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1542 Transformação digital: a digitização da contabilidade 2023-01-18T14:56:43+00:00 Arlei Roberto Fredo arlei@gconcontroladoria.com.br Marta Elisete Ventura da Motta martamotta1234@gmail.com Maria Emilia Camargo mariaemiliappga@gmail.com Mariane Camargo Priesnitz dra.mariane@gmail.com <p>Esta pesquisa teve como objetivo verificar a percepção dos profissionais da contabilidade sobre a transformação digital.&nbsp; A transformação digital por meio de sistemas e tecnologias inteligentes conectadas a dados surge em quantidade e velocidade exponencial como facilitadora para a informação precisa e de qualidade. As tecnologias estão sendo inseridas de tal forma a repensar processos, conhecimentos, habilidades e atitudes do profissional da contabilidade diante da percepção da transformação digital. Como procedimento metodológico, optou-se por uma abordagem qualitativa por meio da análise de conteúdo. Aplicaram-se entrevistas em profundidade com representantes de classe, entidades contábeis e instituições relacionadas à área contábil.&nbsp; Os resultados&nbsp;&nbsp; demonstraram que a transformação digital pode contribuir para o desenvolvimento da profissão contábil e das organizações, pois as tecnologias desafiam o contador e provocam novos <em>insights</em> para as competências essenciais, como forma de inovação, para monetizar novos negócios e criar oportunidades. Na pesquisa surgiu o termo digitização, em que o profissional tem ciência dos benefícios da adaptação e mudança em modelagem de processos contábeis. Além disso foram encontrados dilemas, como a reinvenção de modelos de negócios a profissionais autônomos e pequenos escritórios de contabilidade e a insegurança do envelhecimento do profissional frente a TD.&nbsp;</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1543 Aplicação do método DMAIC no processo de logística reversa de pós-consumo de decoders 2023-01-18T15:02:19+00:00 Danilo Barroso Lopes danilobarroso.db@gmail.com Natália Varela da Rocha Kloeckner natalia.kloeckner@gmail.com Thiago Costa Holanda thiagoholanda1@hotmail.com <p>As empresas que possuem um bom sistema de logística reversa conseguem melhorar o nível de serviço, atender aos requisitos desejados pelos clientes, ganhar credibilidade no mercado e obter maior lucratividade. O presente estudo tem como objetivo geral analisar a aplicação do método DMAIC na obtenção de melhorias no processo logístico reverso de pós-consumo de <em>decoders </em>da empresa Beta, que atua nas regiões norte e nordeste do Brasil. Para tal, este trabalho utilizou-se da metodologia do estudo de caso, através da abordagem exploratória-descritiva por meio dos procedimentos de pesquisa bibliográfica e de campo. Em relação a natureza, o estudo classifica-se como qualitativo e quantitativo por usar entrevistas e dados numéricos. Após a definição da rotina ótima de acompanhamento do processo logístico reverso de pós-consumo de <em>decoders</em> na empresa, a pesquisa resultou na criação de um fluxo do processo logístico reverso da empresa estudada e um ganho financeiro real com aplicação da metodologia DMAIC. O estudo durou cerca de três meses, tendo seu início em agosto de 2017 e final em outubro de 2017.&nbsp;</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1544 Challenges for corporate social responsibility practices 2023-01-18T15:05:25+00:00 António Augusto Baptista Rodrigues antonio.rodrigues@isg.pt Salim Kurnaz salimkurnaz@sdu.edu.tr <p>Corporate social responsibility (CSR) is an expression used by companies to show that they are aware that their role in society or in the community in which they operate is not just to seek profit.According to the European Commission (2011), corporate social responsibility is defined as "the responsibility of companies for the impact they have on society.The pandemic has challenged many companies and economies and affected millions of people, emphasizing the need for collaboration and alignment between economic activity and human needs. It is time for all companies to put into practice actions that honor the purpose and organizational values that are intrinsic to their “personality” and that reflect the willingness to work with others to solve the great problems of our world, simultaneously building and building trust. much needed in our society.To analyze the challenges facing social responsibility practices, a qualitative methodology was used, through the literature review method, using various sources: scientific articles, legislation and other technical-scientific documentation.This descriptive article contributed to the debate in which CSR is a matter of attitude, apart from the fact that each company does what it can according to its resources; because it is not a matter of social action, but of social responsibility. The social responsibility is a more global and larger concept than social action.The main conclusion suggests that the actions that business leaders take today will be decisive so that, in the near future, they can look back and feel proud and satisfied with what they have done. What is done today, in terms of social responsibility, will define the value and reputation of the company, strengthening its purpose and values. It is therefore an investment worth betting on.The Sustainable Development Goals (SDG) are also an opportunity for companies to expand Corporate Social Responsibility (CSR), an initiative that constitutes one of the global efforts to translate sustainable development into something concrete and measurable.</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1545 Análise discriminante e probabilidade de evasão dos alunos de engenharia de produção na UFSJ 2023-01-18T16:34:02+00:00 Luiz Flávio Felizardo felizardo@ufsj.edu.br Vanessa de Souza Silva vanessaecd@gmail.com Gisleine do Carmo gisleinecarmo95@gmail.com Daniel Rocha Gualberto daniel.gualberto@ufsj.edu.br Luiz Marcelo Antonialli lmantonialli@ufla.br <p>A evasão estudantil no ensino superior é um problema que afeta diversas instituições de ensino, podendo causar desperdícios acadêmicos, sociais e econômicos. Neste contexto, o presente estudo teve como objetivo identificar as características que mais discriminaram o grupo de alunos evasores dos não evasores no curso de Engenharia de Produção da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ). Para alcançar tais resultados foram extraídos da base de dados da instituição informações a respeito dos alunos que ingressaram no curso mencionado entre os anos de 2014 e 2018. Posteriormente foi realizada a exportação destes para o software <em>Statistical Package for the Social Sciences</em> (SPSS) e utilizada a técnica de análise discriminante. Os resultados da pesquisa demonstraram que existe uma considerável quantidade de evasões acontecendo no curso analisado. Foi possível ainda, encontrar uma função discriminante com precisão real de mais de 90% que permite a preemptiva identificação de alunos mais propensos a abandonar o curso e consequentemente facilitar o trabalho da gestão ou da coordenação para que possam agir de forma diferenciada com tais alunos, a fim de evitar desistências.</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1548 Aspectos jurídicos de Compliance e proteção ambiental 2023-01-18T20:07:22+00:00 André Serotini andre.serotini@uemg.br <p>Em razão da entrada em vigência da lei que dispõe sobre a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira, em agosto de 2013, popularmente denominada de Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013), o instituto do <em>compliance</em>, já consolidado no sistema jurídico americano e europeu, ganhou relevância nacional, em especial para as organizações que mantém relação com a administração pública. Desta forma, este artigo tem como objetivo apresentar os principais aspectos jurídicos do <em>compliance</em> no Brasil o considerando como importante instrumento de gestão ambiental, trazendo vantagens estratégicas para as organizações nacionais diminuindo riscos, aumentando a eficiência de processos produtivos e, colaborando, em última instância para a prevenção de riscos ao meio ambiente, desenhando, desta forma, o conceito de <em>compliance</em> ambiental. Adota-se para a realização desta pesquisa o método de abordagem teórica lógico-dedutivo, baseado no necessário levantamento bibliográfico partindo do referencial teórico apresentado por Coimbra e Manzi (2010).</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1549 Método de custeio do ciclo de vida adicionado (CCV Add) como alternativa de avaliação de ativos biológicos: uma análise comparativa com o Fair Value 2023-01-18T20:24:04+00:00 Fatima Luana Zielinski flzcontabil@gmail.com Telma Regina Stroparo telma@unicentro.br <p>Com objetivo apresentar a aplicação do Método de Custeio do Ciclo de Vida Adicionado (CCV Add) ou <em>Life Cycle Costing</em> (LCC) como alternativa na mensuração de um ativo biológico, comparando-o com o método de avaliação <em>Fair Value</em>, a presente pesquisa trata de alternativas de mensuração do <em>Pinus taeda.</em> Metodologicamente, a pesquisa caracteriza-se como descritiva, de abordagem quantitativa, bibliográfica, documental e estudo de caso com amostragem não-probabilística e por conveniência. A coleta de dados se deu em uma propriedade rural localizada no Município de Mallet/PR. Foram levantados dados relativos aos custos de implantação e manejo da cultura bem como os resultados advindos com a colheita e venda e aplicação das metodologias de avaliação de ativos biológicos.&nbsp; Os resultados apontam que existem diferenças significativas nas formas de avaliação dos custos e resultados. No entanto,&nbsp; não existem impactos financeiros no fluxo de caixa, independentemente de qual estratégia seja utilizada para avaliação dos ativos biológicos. Existem diferenças contábeis significativas na avaliação dos ativos e resultados patrimoniais e tal fato repercute nos demonstrativos financeiros.</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1550 Fortalecimento de marca empresarial por meio de práticas sustentáveis, marketing digital e tecnologia Blockchain 2023-01-18T20:28:27+00:00 Inacio Henrique Yano inacio.yano@embrapa.br Alexandre de Castro alexandre.castro@embrapa.br Mariana Abdalla Granelli mariana@usinagranelli.com.br Fábio Cesar da Silva fabio.silva@embrapa.br <p>A adoção de práticas sustentáveis pelas empresas, traz diferencial competitivo e fortalece a marca das organizações que adotam essas práticas, uma vez que a sociedade, sobretudo os consumidores, mas também, o governo, os investidores, os acionistas, os funcionários e os fornecedores, tem valorizado cada vez mais o papel exercido pelas empresas nas questões sociais e ambientais. Isto é resultado de uma sociedade cada vez mais preocupada com a preservação do meio ambiente e com a sustentabilidade, devido à ocorrência cada vez mais frequente de eventos extremos, como tempestades, furacões, inundações e secas. Consequentemente, valorizando as empresas que tem uma postura pró-ativa nas questões ambientais. Nesse sentido, informações sobre a qualidade dos produtos, processos produtivos sustentáveis e origem das matérias-primas utilizadas em sua produção podem agregar valor e auxiliar na abertura de mercados mais exigentes, que aceitam pagar mais por produtos ambientalmente corretos e socialmente justos. Sendo que a confiabilidade das informações apresentadas passa a ser fator primordial. A tecnologia blockchain apresenta-se como ótima solução no quesito integridade dos dados, principalmente pela sua característica de imutabilidade dos dados. Este trabalho descreve um sistema que utiliza tecnologia blockchain para armazenar de forma segura dados de qualidade, processos produtivos e rastreabilidade no intuito de agregar valor ao açúcar mascavo da Usina Granelli. Neste caso de uso, a disponibilização das informações é uma ferramenta de marketing digital para alavancar a venda do produto e fortelecer a marca Granelli.</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1551 Diferenciação de salários no mercado de trabalho agrícola do Brasil 2023-01-18T20:35:42+00:00 Carlos Leão cleao17@gmail.com Mauro César de Paula ecomcpi@gmail.com Jassiára Aguiar Martins jassiaramartins017@gmail.com Leandro de Lima Santos leandrodelima@ufscar.br <p>A realização deste estudo partiu do pressuposto de que existem diferenças na formação de salários no mercado agrícola brasileiro relacionadas às especificidades dos setores de produção de <em>tradables e non tradables </em>da agropecuária do Brasil. Foi utilizado a metodologia de decomposição salarial de Oaxaca-Blinder que permite medir a proporção do diferencial de salários, se ela existir, que é devida às características observáveis dos trabalhadores daquelas que são devidas às diferenças de características dos sistemas de produção. Foram utilizados dados de 2021 da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios contínua - PNAD do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Foi constatado que o salário que remunera o trabalho dos setores de produção de tradables é em média 30,64% mais elevado que o salário dos trabalhadores que exercem suas atividades nos setores de produção destinada ao abastecimento do mercado interno. Desta diferença 10,47% são explicadas por diferencias de produtividade relacionadas ao maior estoque de capital trabalho. A diferença de 20,17% se relaciona mais às especificidades do processo produtivo dos dois setores.</p> 2023-01-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1557 Gestão do conhecimento e trabalho remoto: um estudo de caso em uma unidade acadêmica pública de educação a distância 2023-01-20T09:33:19+00:00 Jéssica Silva Xavier jsxavier@uneb.br Lorena Santos Pattas lpattas@uneb.br Tânia Moura Benevides tbnevides@uneb.br Milena Siqueira Santos Mendonça milenamendonca.ufba@gmail.com <p>O conhecimento é o principal elemento da evolução da sociedade civil, seja na esfera pessoal ou organizacional. É nesta perspectiva que esta investigação se insere, possuindo como objetivo geral mensurar a gestão do conhecimento na UNEAD durante o trabalho remoto. Em relação ao percurso metodológico, trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem quantitativa, realizada na Unidade Acadêmica de Educação a Distância (Unead) da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). No que se refere aos procedimentos, partiu-se de uma revisão da literatura sobre a temática central deste estudo, optando-se pela utilização de uma escala multifatorial quantitativa desenvolvida e validada por Pais (2014): Escala de Gestão do Conhecimento (EGC), estruturada como questionário eletrônico no <em>Google Forms</em>, como instrumento de coleta de dados. Os dados coletados foram analisados através da estatística descritiva, utilizando para tabulação e cálculos das médias de cada fator da escala, o aplicativo <em>Excel</em>. Cabe destacar que o uso da estatística, neste caso, não tem a intenção de generalizar os resultados e fazer inferências, isto porque, a amostra não é probabilística. Os resultados apontam que os respondentes atribuem valor ao conhecimento no sentido de otimizar o desempenho organizacional e a responsabilidade em cumprir suas funções.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Jéssica Silva Xavier , Lorena Santos Pattas , Tânia Moura Benevides , Milena Siqueira Santos Mendonça https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1558 Parcelamento tributário no Brasil: quem se beneficia? 2023-01-20T09:33:11+00:00 Renata Kaori Tani Viana rkaoritv@gmail.com Mariana Campagnoni mcampagnoni20@gmail.com Henrique Suathê Esteves henrique.suathe@gmail.com <p>Este estudo exploratório visa entender quem se beneficia com programas de parcelamento e perdão de dívidas tributárias. Para tanto, tem-se como objetivo de pesquisa identificar diferenças econômico-financeiras entre empresas que aderiram e que não aderiram ao Programa Especial de Regularização Tributária (PERT). Os resultados demonstram que as firmas que aderiram ao PERT possuem maiores volumes de ativos e são mais endividadas. Com base na teoria moderna de estrutura de capital, firmas com estas características tendem a ser mais poderosas, uma vez que podem usar de sua condição a fim de obter mais fontes de financiamento e crescer mais. Estatísticas também indicaram que o PERT pode ter beneficiado setores específicos. Estes resultados chamam a atenção para uma potencial influência de grupos de interesse sobre a aprovação de programas que levam à renúncia fiscal pelo Estado, em detrimento do real motivo pelo qual eles deveriam existir: ajudar a economia e melhorar a arrecadação em curto prazo.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1559 A Influência da certificação de qualidade na performance das grandes empresas portuguesas 2023-01-20T09:33:04+00:00 Cândido Jorge Peres Moreira cjperes@iscal.ipl.pt Pedro Miguel Baptista Pinheiro pmpinheiro@iscal.ipl.pt Catarina Carvalho Terrinca ccterrinca@iscal.ipl.pt Domingos Custodio Cristovão dccristovao@iscal.ipl.pt João Manuel Afonso Geraldes joao.geraldes@ipiaget.pt Mario Alexandre Guerreiro Antão maga@lis.ulusiada.pt <p>O evoluir dos encerramentos de empresas com o repetir das crises financeiras faz com que seja cada vez mais importante o estudo dos efeitos das decisões na vida das empresas. A incessante busca pela qualidade, bem com a certificação da mesma, via International Standard Organization (ISO), do ponto de vista teórico, apresenta uma possível relação com o pressuposto da continuidade, possibilitando o potenciar da sustentabilidade económico-financeira da empresa, algo que procuraremos avaliar.Assim, a fim de continuar a disseminação das técnicas, possibilitar uma visão global dos modelos e complementar estudos já desenvolvidos, aprofundando a investigação sobre a falência e performance, com o potencial de poder vir a melhorar os modelos, selecionámos, as empresas portuguesas com dimensão grande (segundo a recomendação 2003/361/CE), com Código de Actividade Económica (CAE) D e G, certificadas com ISO 9000 ou 9001, totalizando 91. Foram ainda geradas as Empresas Médias de cada um destes sectores.Às amostras foram aplicadas técnicas uni e multivariadas (MDA), modelos de previsão de falência empresarial, observados em estudos anteriores como os mais eficientes para a economia ibérica, segundo Peres e Antão (2018) e Peres e Antão (2019), a fim de aferir a performance das empresas, bem como a esperada supremacia das que detêm certificação de qualidade.Como principal conclusão, quer para as técnicas de análise uni como na multivariada, não se observa uma performance superior das empresas certificadas em relação às demais, pelo que não se identifica a efectiva implicação da certificação de qualidade na optimização do desempenho economico-financeiro das empresas.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1560 Perception of entrepreneurship as alternative to facing the post-pandemic crisis 2023-01-20T09:32:54+00:00 Ygo Biserra Pereira ygo@ufersa.edu.br Priscilla Felipe de Sousa priscillafelipe@hotmail.com Adams Morais Alves carlosadams.mossoro@gmail.com Elis Regina Monte Feitosa elisrmf@gmail.com Washington Sales do Monte wsalesmkt@gamail.com <p>This article aims to identify the perception of a group of incubated projects about the importance of entrepreneurship as alternative to face the economic crisis due to the new coronavirus pandemic. Entrepreneurship is a transversal subject to many areas of research and has been the object of study within themes such as economic, technological and innovation. The crisis in several sectors caused by the pandemic of the new coronavirus, raised other research possibilities. With a qualitative approach and through the case study method, using a structured questionnaire, it sought to investigate a group of companies/projects incubated in a technology-based business incubator, in the municipality of Mossoró in the state of Rio Grande do Norte. With the results, it was possible to verify that incubated have a positive perception about the importance of entrepreneurship in facing the crisis, thus pointing out that it is an alternative for the post-pandemic crisis period.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1561 Microcrédito como política pública para geração de trabalho e renda 2023-01-20T09:32:46+00:00 Nilcivânia Barbosa Oliveira Lucas nilcivaniabol@gmail.com Heverton Barbosa do Nascimento heverton.nascimento@aluno.ufca.edu.br Maria Waldilene Sousa Cavalcante waldilenesouza@univs.edu.br Tatiane Betat Kohlrausch tatianebetat@gmail.com Estelita Lima Candido estelita.lima@ufca.edu.br <p>O microcrédito Produtivo Orientado é incentivo ao desenvolvimento de empreendedores mediante o financiamento em fomento às atividades produtivas. Esse subsidia consumo, desenvolvimento do negócio, bem estar, educação e tecnológica tendo na orientação empresarial fator essencial. A atenção para esse segmento, relevante e frágil, é crescente, entre outros fatores, em função de políticas públicas para alívio da vulnerabilidade dos microempreendimentos pelas ações de combate a COVID-19. Logo, o presente artigo como pesquisa básica, descritiva e qualitativa, tem como objetivo geral analisar o MPO como política pública, especificamente avaliar o programa como estratégia para o Desenvolvimento Sustentável. Por fim, o resultado demonstrou que o MPO é uma política pública que colabora para o DS.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1563 Ensaio teórico sobre o uso das redes neurais artificiais no gerenciamento de resultados 2023-01-20T09:32:36+00:00 Elmo Dias da Silveira elmodias@live.com Paulo Vitor Souza de Souza paulovsouza@ufpa.br Paulo Augusto Pettenuzzo de Britto paulobritto@unb.br <p>A Rede Neural Artificial (RNA) tem capacidade de simular uma rede neural biológica e apresenta-se como uma ferramenta que pode auxiliar na redução de problemas econométricos mediante modelos matemáticos. Modelos de gerenciamento de resultados apresentam um problema fundamental pelo fato dos <em>accruals </em>discricionários da gestão não serem diretamente observáveis, o que vem a afetar a avaliação do desempenho real de empresas.&nbsp; Portanto, este ensaio tem como objetivo apresentar a RNA como uma abordagem que pode minimizar problemas observados em modelos de gerenciamento de resultados por <em>accruals</em>. A literatura sobre gerenciamento de resultados apresenta diversos problemas relacionados aos modelos por <em>accruals</em>: <em>proxies </em>não confiáveis, interpretação restrita, incentivos, existência de condições simultâneas, problemas de correlação, classificação e especificação em modelos de gerenciamento, entre outros. Com base no suporte teórico apresentado pela literatura, entende-se que a utilização da abordagem da RNA pode proporcionar melhores níveis de poder e especificidade em modelos de gerenciamento de resultados por <em>accruals</em>. Este estudo visa contribuir com diversos usuários da informação contábil por evidenciar problemas em modelos de gerenciamento, bem como apresentar uma proposta baseada em inteligência artificial como solução para os problemas observados.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1564 Gênero e identidade na profissão médica: um estudo com residentes 2023-01-20T09:32:28+00:00 Adriane Vieira vadri.bh@gmail.com Karla Rona da Silva karlarona0801@gmail.com Selme Silqueira de Mattos selmesilqueira@gmail.com Fátima Ferreira Roquete fatimaroquete@gmail.com Meiriele Tavares de Araújo meirieletavares@gmail.com <p>As instituições educacionais possuem importante papel no desenvolvimento técnico dos residentes e na construção de suas identidades profissionais. Do confronto entre os atos de atribuição da identidade para si mesmo e dos atos de atribuição pelos outros resulta a construção da identidade coletiva. O objetivo do trabalho foi comparar os atributos que melhor caracterizam a identidade socioprofissional de médicos residentes homens e mulheres. O método de investigação escolhido foi o estudo transversal por meio de levantamento (survey). A amostra somou 327 residentes médicos de 4 hospitais da Grande Belo Horizonte. Os respondentes do gênero masculino da área de engenharia totalizam 41,90% e os do gênero feminino da área da saúde 58,10%. O instrumento de coleta de dados utilizado foi um questionário com a Escala de Autopercepção e Heteropercepção Profissional (EAHP). Os dados foram analisados por meio da modelagem de equações estruturais com abordagem multigrupos. Os resultados apontam para diferenças significativas entre gêneros nas dimensões Subordinação e Realização na autopercepção, e nas dimensões Esforço e Realização na heteroperceção. A dimensão Reconhecimento recebeu os menos escores em ambos os gêneros. Conclui-se que essa configuração pode gerar sofrimento a fragilizar a construção da identidade socioprofissional dos médicos residentes.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1565 As ações do conselho federal de contabilidade relacionadas às mudanças climaticas na visão de auditores brasileiros 2023-01-20T09:32:20+00:00 Neusa Sawczuk Von Eggert neusasaw@gmail.com Edenise Aparecida dos Anjos edeniseanjos@outlook.com Ivanildo Viana Moura ivm.bh.mg@gmail.com Luiz Panhoca panhoca.luiz@gmail.com <p>Este estudo tem como objetivo analisar, por meio da teoria do papel, o auto entendimento de auditores acerca das questões climáticas no desenvolvimento da função relacionadas a clareza das ações do CFC. A coleta dos dados ocorreu por meio de entrevistas semiestruturas. Para a análise dos dados utilizou-se a Saturação Teórica, sendo necessário aplicar dez entrevistas, até se atingir a saturação conforme preconizado pela literatura. Os resultados demonstram que embora o auditor consiga perceber a necessidade da questão das mudanças climáticas, esta não parece ser uma tarefa a lhe ser atribuída, gerando inicialmente um conflito de papéis. Ainda, não existe um acompanhamento específico por parte dos auditores sobre as ações climáticas do CFC, gerando ambiguidade de papéis ante as incertezas do momento, sendo as ações neste campo muito recentes. Apesar disso, todos estão muito atentos às normas que regem a sua profissão.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1566 Inovação e desempenho nas PME Angolanas 2023-01-20T09:32:13+00:00 Malundo Fausto Catessamo maxiscap2012@hotmail.com Orlando Manuel Martins Marques de Lima Rua orua@iscap.ipp.pt <p>O objetivo fundamental deste trabalho consiste na análise das contribuições da inovação no desempenho das pequenas e médias empresas (PME) na cidade de N’Dalatando (Angola).Recorremos a uma abordagem quantitativa, combinando análise documental com estatística, tendo os dados sido recolhidos através de um questionário administrado às empresas registadas no Instituto Nacional de Apoio as Pequenas e Médias Empresas (INAPEM), da Província do Kwanza Norte, o qual foi construído a partir do Inquérito Comunitário à Inovação (CIS), adaptado à realidade angolana e à especificidade do presente estudo.As empresas analisadas operam sobretudo no mercado local, apresentam um baixo nível de internacionalização. Todas as empresas introduziram inovações de produto, processo, organizacional e marketing, sobretudo do tipo incremental, desenvolvidas em cooperação com outras instituições. Recomendamos que futuros estudos explorem a importância da economia digital e, consequentemente, dos serviços digitais para a diversificação da economia angolana.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1567 Orientação empreendedora das MPME angolanas 2023-01-20T09:32:03+00:00 Manuel Miguel Lourenço mamilo82@hotmail.com Orlando Manuel Martins Marques de Lima Rua orua@iscap.ipp.pt <p>O objetivo fundamental deste estudo é analisar a orientação empreendedora das micro, pequenas e médias empresas (MPME) no município de Cazengo, província do Kwanza Norte, em Angola.Para o desenvolvimento deste estudo utilizamos a abordagem quantitativa, combinando a análise documental com a estatística, tendo os dados sido recolhidos através um inquérito por questionário aplicado às MPME sediadas no município referido.O estudo revelou que as empresas possuem razoável orientação empreendedora, apresentando resultados positivos ao nível da inovação, onde a valorização da I&amp;D, liderança tecnológica e inovação é moderada, e da proatividade, em que as empresas iniciam na mesma proporção ações por elas levadas a cabo e ações iniciadas pela concorrência, e negativos ao nível da assunção do risco, em que as empresas têm uma preferência por projetos de baixo risco, com rendibilidades normais e certas. Recomendamos que futuros estudos explorem a importância da economia digital e, consequentemente, dos serviços digitais para a diversificação da economia angolana.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1568 The mediating effect of intrapreneurship in the relationship between transformational leadership and individual performance: employee evidence from the portuguese technology sector 2023-01-20T09:31:55+00:00 Tiago Filipe Gomes da Silva tiagofgsilva96@gmail.com Orlando Manuel Martins Marques de Lima Rua orua@iscap.ipp.pt <p>The main purpose of this study is to analyse the mediating effect of intrapreneurship on the relationship between transformational leadership and the individual performance of the employee in Portuguese technology sector firms.A quantitative methodological approach was used with a survey of 148 employees. In the data analysis, the structural equation model was applied using partial least squares.The results show positive relationships between (1) transformational leadership, intrapreneurship and individual performance and (2) intrapreneurship and individual performance, in this specific context. Additionally, (3) the mediating effect of intrapreneurship on the relationship between transformational leadership and individual performance was confirmed.This paper fills a gap in the literature, i.e. while other studies establish direct relationships between transformational leadership, intrapreneurship and individual performance, this study analyses the mediating effect of intrapreneurship on the relationship between transformational leadership and individual performance. We recommend that future studies explore the relevance of digital services for the development of in the relationship between transformational leadership, intrapreneurship and individual performance.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1569 Linking emotional intelligence and transformational leadership: an application to technology sector firms’ leaders 2023-01-20T09:31:47+00:00 Joana Filipa Amorim Moreira joanamoreira.5@hotmail.com Orlando Manuel Martins Marques de Lima Rua orua@iscap.ipp.pt <p>This study aims to analyze the relationship between emotional intelligence and transformational leadership.This exploratory and transversal study takes a quantitative methodological approach based on survey data from 180 Portuguese small and medium-sized enterprises (SMEs) technology sector leaders. Data analysis was performed using the structural equation model (SEM).The results demonstrated a positive and significant relationship between three emotional intelligence dimensions (SEA - self-emotion appraisal, OEA - others emotion appraisal and UE - use of emotions) and transformational leadership (TL). However, the relationship between intelligence dimension regulation of emotions (RE) and transformational leadership was not supported.This study differs from the others as it seeks to establish relationships between emotional intelligence dimensions’ and transformational leadership rather than treating the emotional intelligence’s construct as a whole. Therefore, considering the scarce literature relating to the mentioned constructs fills the literature’s lack. Its applicability in the Portuguese technology sector SMEs is also an innovative factor. We recommend that future studies explore the relevance of digital services for the enhancement of the linkage between emotional intelligence and transformational leadership.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1570 Estratégias de legitimidade de Suchman evidenciadas no cadastro da justiça do Paraná – CAJU, referente a atividade de perito contábil 2023-01-20T09:31:38+00:00 Geovane Teixeira Manoel geovanemanoel@hotmail.com Anna Caroline Priebe annapriebe@hotmail.com Udo Strassburg udo.strassburg@unioeste.br Maurício Custódio Serafim serafim.esag@udesc.br <p>Este artigo objetiva verificar quais as estratégias de legitimidade de Suchman evidenciadas no CAJU na atividade de perito contábil, bem como os impactos positivos e negativos nas mudanças ocorridas e na busca por educação continuada na perspectiva dos peritos. A pesquisa descritiva foi realizada por meio de pesquisa documental, a partir de dados publicados no CAJU na 2ª seção judiciária pertencente à região oeste do Paraná. Desse modo, coletou-se o perfil do perito cadastrado no site em consonância com as tipologias de estratégia determinada por Suchman (1995). Encontrou-se 133 cadastros de peritos e utilizou-se o <em>software </em>Excel para a análise documental e o Atlas.TI para confrontar os dados encontrados na análise realizada com a percepção dos peritos contábeis. Estipulou-se as categorias de análise, na qual buscaram subsidiar a coleta e análise dos dados. Os resultados mostraram que a maioria dos peritos cadastrados possuem até cinco anos de experiência e os profissionais possuem suas especializações na área pericial. Notou-se, também, que uma parcela significativa de profissionais ainda não se legitimaram nos dois cadastros (CAJU-PR e CNPC) tomados como base neste estudo. Na percepção dos peritos foi relatado que os benefícios são notórios, mas outros fatores devem considerados e monitorados. Além disso, a obrigatoriedade de se legitimar no site do CAJU levou-os a procurar mais cursos e especializações, elevando a qualidade dos serviços prestados pela classe.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1571 O conceito da segurança da informação como estratégia organizacional no contexto da Indústria 4.0 2023-01-20T09:31:29+00:00 Tailise Mascarenhas Martins tailise.mascarenhas@hotmail.com Rafael Nunes Carneiro RafaelCarneiro_27@hotmail.com Ricardo Coser Mergulhão mergulhao@ufscar.br <p>A Indústria 4.0 traz consigo um papel importante para os Sistemas de Informação, uma vez que, todos os sistemas inteligentes são interconectados com redes com ou sem fio e passam a tomar suas próprias decisões, percebe-se que ataques cibernéticos a essas redes causarão falhas de produção irreparáveis ou danos graves. Para aumentar a segurança da informação, é necessário abordar os riscos cibernéticos e identificar estratégias de segurança. Buscando prevenir possíveis ataques a rede. O objetivo do estudo é mostrar a importância de se abordar a segurança da informação como parte da estratégia organizacional na Indústria 4.0. O método de pesquisa foi uma revisão bibliográfica utilizando como fonte de informações as publicações sobre a temática encontradas em Bases de dados eletrônicas. O estudo concluiu que é nítida a necessidade do uso da estratégia da segurança nas organizações no contexto da Indústria 4.0, por motivos como, maior conectividade a redes cibernéticas, maior transação de dados e informações confidenciais.&nbsp;</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1572 Estudo comparativo entre o perfil dos estudantes de administração nas modalidade presencial e a distância da universidade estadual de ponta grossa 2023-01-20T09:31:21+00:00 Franciele Aparecida Cecato fran-cecato@hotmail.com Leozenir Mendes Betim leobetim_0802@hotmail.com Ellen Blum Yvamoto ellenblumyvamoto@hotmail.com Osvaldo Malta Callegari osvaldo1264@hotmail.com <p>Conhecer o perfil dos discentes que participam dos cursos ofertados pela UEPG é importante para compreensão do perfil do aluno de acordo com a modalidade de ensino ofertada. A partir das características levantadas é possível um planejamento de trabalho que atenda as dificuldades específicas de cada grupo. O estudo contemplou duas&nbsp; modalidades de ensino: presencial e educação à distância (EAD) com cursos ligados ao departamento de Administração. O objetivo deste artigo é comparar o perfil dos discentes nas duas modalidades de ensino disponibilizadas pela UEPG, que estão vinculados ao departamento de Administração, identificando o perfil dos discentes EAD e presencial, analisando quais aspectos são comuns a cada perfil pesquisado e diferenciando aspectos que possam ser predominantes a uma determinada modalidade de ensino. Este estudo, enquadra-se nos seguintes métodos de pesquisa: qualitativa, de natureza aplicada, quanto aos objetivos sendo exploratória e descritiva, e quanto aos procedimentos foi realizado um levantamento. Utilizou-se um questionário composto por 21 perguntas, adaptado de Foguel et al (2015), sendo dividido em quatro partes: identificação dos respondentes,&nbsp; aspectos sociais e econômicos, aspectos acadêmicos e por fim aspectos profissionais. Conclui-se que para cada modalidade de ensino existe uma diferença de perfil nas características básicas, como idade, situação profissional, atividades de lazer, entre outras, porém em temas ligados a motivação e percepção de características desejáveis a um profissional as respostas enviadas são muito parecidas, divergindo apenas no nível de importância de cada uma.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1573 Reflexões acerca das práticas de letramento em tempos de mídias digitais 2023-01-20T09:31:13+00:00 Adelcio Machado dos Santos adelciomachado@gmail.com Inês Staub Araldi ines.araldi@unifacvest.edu.br <p>O estudo é uma pesquisa sobre conceitos fundamentais no processo ensino aprendizagem com a utilização das práticas de letramento em tempos de mídias digitais, e a sua relação com as habilidades a serem desenvolvida. As Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação, não surgiram em decorrência do setor educacional, são processos interdependentes e complementares quando o assunto é a linguagem contemporânea. As habilidades e competências requeridas são diferentes, quando o uso da linguagem se dava através da fala/escuta, leitura/escrita. O multiletramento trata além das linguagens e funcionalidades, na era digital a interação humana, experencia o reinado da imagem. Concluímos que as mudanças advindas do letramento digital e multiletramento, decorrentes do uso das tecnologias da informação que se fazem sentir ao longo do percurso. No que diz respeito ao ensinar e ao aprender, até o momento, convivemos com a coexistência de métodos e de meios.</p> 2023-01-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1579 Idiossincrasias associadas aos cancelamentos de despesas inscritas em restos a pagar 2023-01-25T09:34:44+00:00 Madson Euzébio Freitas Barbosa madson.barbosa@aluno.unb.br Evaldo Cesar Cavalcante Rodrigues evaldocesar@unb.br <p>Este estudo foi concebido como consequência do reconhecimento da importância que o volume de recursos do orçamento público federal não empregado em função do cancelamento de despesas inscritas em restos a pagar exerce na atual conjuntura, na qual a redução da capacidade de financiamento do setor público é uma realidade a ser confrontada, bem como da percepção que a incompletude do ciclo de execução da despesa pública encerra por impor o transporte de saldos significativos de obrigações entre os exercícios financeiros. Com o objetivo geral de identificar o nível de influência que os fatores liberação de limites de movimentação e empenho próximos ao encerramento do exercício financeiro, bem como a inscrição de despesas em restos a pagar exercem sobre o cancelamento de despesas inscritas em restos a pagar, foi estabelecido um apanhado documental e bibliográfico, concomitantemente com a extração de dados da base de informações orçamentária, financeira e contábil do governamental federal, a partir de um recorte longitudinal que considerou o período compreendido entre os anos de 2008 a 2020. Foi empregada uma regressão linear múltipla, que identificou significativa relação entre o volume de saldo inscrito em restos a pagar e o cancelamento destas despesas, bem como com os descontingenciamentos ocorridos próximos ao encerramento dos exercícios e os montantes cancelados, contudo, para estas variáveis foi identificada uma relação negativa. Identificou-se que os fatores pesquisados tendem a afetar tanto a qualidade dos serviços prestados pelo setor público, quanto sua implicação no setor privado e por consequência, na economia em geral.</p> 2023-01-24T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1580 A influência das dimensões de governança regional no investimento de ativos intangíveis das empresas brasileiras: uma análise em nível de país 2023-01-25T09:34:37+00:00 Ismael Barbosa Ismael.Barbosa@ufu.br Diego Batista Silva Carvalho diego.carvalho@ufu.br Vinícius Silva Pereira viniciuss56@gmail.com Antonio Sergio Torres Penedo Penedo@ufu.br Luciana Carvalho Luciana@ufu.br <p>O trabalho busca identificar a relação entre intangibilidade e as dimensões de governança medida por controle de corrupção e o estado de direito das empresas brasileiras listadas na B3. Para tanto, foram estimados os modelos de regressão de dados em painel para 183 empresas não financeiras, no período de 2011 a 2019, por meio da base de dados Economática. Os resultados apontam que tanto o controle de corrupção quanto o estado de direito impactam positivamente no grau de intangibilidade das empresas. Esse resultado sugere que um maior controle da corrupção influencia positivamente o grau de intangibilidade das empresas. Conclui se também que a variável regionalidade não apresentou significância neste estudo, não é possível inferir que as empresas situadas no Triangulo Mineiro e Alto Paranaíba teriam mais acesso a inovar e que teriam um melhor resultado em relação ao grau de intangibilidade.</p> 2023-01-24T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1581 Threat modeling: a study on its application in digital transformation from the perspective of risk 2023-01-25T09:34:26+00:00 Abinel Santiago Cerqueira Junior abinel.cerqueira@cpspos.sp.gov.br Carlos Hideo Arima charima@uol.com.br <p>Information security is a topic that has been increasingly discussed nowadays after the beginning of the pandemic and its understanding has been fundamental to protect information in several organizations. The present study aims to identify and analyze the application of threat modeling in digital transformation from the perspective of information security risks. For the development of the research, a systematic review of the literature was conducted with the adoption of a protocol based on PRISMA-P to identify which threat modeling techniques have been applied in digital transformation and which information security risk approaches are used in the application of the threat modeling. The result of this study suggests that threat modeling applied in digital transformation uses customized models by means of unspecified techniques and that qualitative risk approaches have been adopted more frequently in digital transformation.</p> 2023-01-24T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1582 A logística inversa dos óleos de gorduras residuais na produção de um biodiesel sustentável: uma revisão 2023-01-25T09:34:17+00:00 Manuel Jose Saltarin many921@gmail.com Marcelo Santana Silva profmarceloifba@gmail.com Luís Oscar Silva Martins luisoscar@ufrb.edu.br Angela Machado Rocha anmach@gmail.com Fábio Matos Fernandes fmatosf@gmail.com Luciano Sergio Hocevar lucianohocevar@ufrb.edu.br Francisco Gaudencio Mendonca Freires gaudenciof@yahoo.com Ednildo Andrade Torres ednildo@ufba.br <p>Biodiesel está se tornando rapidamente uma alternativa popular frente aos combustíveis fósseis, pelo fato de ser renovável e gerar menores emissões de gases tóxicos. A cadeia de produção do biodiesel envolve muitos processos, dentre eles allguns são complexos exigindo uma melhor gestão e necessidade de otimização. Isto inclui a melhoria da cadeia de abastecimento para atingir um processo sustentável e de menor custo atrelado. Sendo assim, é necessário esforços para manter o biodiesel na matriz energética do país, entre estes, a contribuição de pesquisadores. O óleo de gordura residual surge como alternativa interessante para a produção de biodiesel, pelo fato de não fazer parte da cadeia alimentar, por seu baixo custo e porque sua transformação em energia é considerada como uma técnica eficaz para a gestão de resíduos, já que seu descarte nas redes de esgoto ocasiona problemas ambientais. O principal obstáculo que enfrenta atualmente na sua utilização como fonte de matéria prima é o gargalo existente na sua coleta. Neste artigo é apresentado o panorama da coleta do OGR, no qual serve como suporte para a produção de um biodiesel mais sustentável na utilização de um resíduo como matéria-prima. Ressaltando a necessidade da conscientização pública sobre a coleta do OGR e seus benefícios na produção do biodiesel.</p> 2023-01-24T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1584 Oralidade no espaço acadêmico 2023-01-27T09:35:01+00:00 Soeli Staub Zembruski soelitradufsc@gmail.com Adelcio Machado dos Santos adelciomachado@gmail.com <p>O presente artigo se constitui como sequência do estudo denominado: O olhar da Pesquisadora sobre sua Trajetória Intelectual, no qual são apresentadas as primeiras considerações sobre o processo de formação de identidade linguística da pesquisadora e que se desdobram na análise das manifestações orais tanto da docente quanto dos estudantes de uma turma de mestrado na cidade de Lages, no estado de Santa Catarina. Com o objetivo de melhor compreender os mais diversos aspectos que compõem a comunicação oral, destacadamente no espaço acadêmico. Para responder a estas questões, realizou-se uma análise de material de gravação de aulas síncronas ofertadas durante o período pandêmico em 2020. Também se realizou pesquisa por meio de formulário google para conhecer a percepção dos estudantes em relação à comunicação oral em diferentes ambientes, de modo especial o acadêmico. Os participantes foram 22 estudantes com diferentes perfis profissionais e faixa etária de maioria entre 25 e 50 anos (apenas 01 respondente afirma ter mais de 50 anos). Os resultados revelam que a professora manteve marcas linguísticas de sua infância e adolescência e também que os estudantes, embora admitam a riqueza cultural das variações linguísticas e o uso de expressões coloquiais durante as aulas, consideram a norma culta o padrão linguístico mais apropriado a ser empregado no espaço acadêmico. Espera-se que tais resultados e reflexões contribuam para que ocorram mais investigações acerca do lugar da fala e da espontaneidade no espaço acadêmico, bem como reflexões sobre a centralidade do professor nas aulas.</p> 2023-01-26T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Soeli Staub Zembruski , Adelcio Machado dos Santos https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1586 Usuários avançados de games no Brasil: uma aplicação por uma empresa desenvolvedora 2023-01-28T09:35:39+00:00 Leonardo Gonçalves Pate leogpate@gmail.com Leonardo Sá Cunha leonardosacunha98@gmail.com Lucas Galvão Graça Melo lucasggmelo@outlook.com Alexandre Barbosa Marques alexandre.marques@cefet-rj.br <p>Introdução/Problematização: No contexto da inovação, usuário avançado é o que desenvolveu um grau de conhecimento elevado sobre determinado produto. Na indústria de games, de curto ciclo de lançamentos, é crucial identificar rapidamente e aproveitar efetivamente os usuários avançados para aumentar as chances de sucesso. A questão problema abordada no artigo é: como implementar uma rápida identificação e o pleno aproveitamento de Lead Users em uma empresa brasileira desenvolvedora de games?Objetivo/proposta: Modelar um processo para a empresa desenvolvedora de games selecionada identificar, de forma ágil, e aproveitar melhor a contribuição potencial dos usuários avançados. Tal objetivo geral foi desdobrado nos objetivos específicos de analisar as práticas atuais da empresa em identificação e aproveitamento de usuários avançados; identificar os pontos de melhoria; e elaborar um novo fluxograma para o processo.Procedimentos Metodológicos: O estudo tem caráter qualitativo e descritivo, aplicando técnicas de coleta de dados em fontes bibliográficas, documentais e em entrevistas não estruturadas. Quanto à análise dos dados, foi empregada a análise de conteúdo.Principais Resultados: Quanto à identificação rápida de usuários avançados, foi constatado que a empresa apenas realizava a formulação de palavras-chave, tendo sido criado um fluxograma novo para este processo. Quanto à participação do usuário avançado no processo de desenvolvimento de novos jogos, observou-se que eles participavam apenas da promoção dos jogos, tendo sido revisado o fluxograma correspondente para abranger também as etapas de seleção de ideias, desenvolvimento do produto.Considerações Finais: Mesmo uma empresa bem-gerenciada e com produtos premiados pode melhorar o processo de desenvolvimento de novos produtos, identificando os usuários avançados e incorporando o conhecimento que eles possuem. A iniciativa demanda a revisão dos procedimentos internos.</p> <p>Contribuições do Trabalho: O artigo contribui com um exemplo detalhado de aplicação da teoria dos usuários avançados (lead users) como fonte de inovação. A aplicação é feita em uma empresa da indústria de jogos eletrônicos, de reconhecida dinâmica inovativa e de expressivo crescimento econômico no momento, explorando as possibilidades geradas pelas mídias sociais.</p> 2023-01-27T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1589 Um estudo sobre os incentivos federais no período da pandemia de Covid-19 2023-01-30T13:52:28+00:00 Erinalva Lira de Lucena Manguelly lucenamanguelly@gmail.com Heloísa Siqueira Lordello hslordello@gmail.com Lygia Nathália Pereira da Silva lygia_pereira@hotmail.com Lívia Pereira Rodrigues liviapereirarodrigues@hotmail.com <p>Este trabalho teve como objetivo geral analisar de que maneira o Governo Federal Brasileiro, através das leis de incentivos fiscais, tem potencializado a atividade econômica das empresas, destacando o atual cenário socioeconômico causado pela pandemia de COVID-19. A pesquisa foi classificada em qualitativa, documental, bibliográfica, básica e descritiva. Foram analisadas as normas federais de incentivos fiscais existentes, no Brasil, até o mês de março de 2020, totalizando onze normas. Em seguida, foi verificado se ocorreram alterações, no período de março de 2020 a dezembro de 2021, e se houve publicações de novas normas federais de incentivos fiscais. As conclusões são que das normas federais já instituídas, em março de 2020, seis sofreram alterações: Lei Rouanet; Lei de Informática; Lei do Audiovisual; Lei de Incentivo ao Esporte; Lei da Desoneração da Folha de Pagamento; e Lei do Drawback. No tocante às normas federais instituídas no período, não houve instituição de incentivos fiscais, os quais as empresas precisavam para conseguir manter seus fluxos de caixa, potencializar suas atividades socioeconômicas e amenizar os impactos causados pela pandemia de COVID-19, o que fez sobressair certa morosidade nos trâmites de aprovação dos projetos de Lei. Possivelmente, os benefícios já concedidos precisariam ser prorrogados ou ajustados.</p> 2023-01-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 Erinalva Lira de Lucena Manguelly , Heloísa Siqueira Lordello , Lygia Nathália Pereira da Silva , Lívia Pereira Rodrigues https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1590 Análise da despesa total com pessoal em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal: um estudo no município de Caicó-RN, no período de 2011 a 2020 2023-01-30T13:57:51+00:00 Maria do Socorro Valentim socorrovalentim@yahoo.com.br Jean Augusto Henrique jean.augusto@ufrn.br Edivaldo do Nascimento Duda edivaldo.duda@ufpe.br Clara Monise Silva clarinharn@gmail.com Salmo Batista de Araújo araujobs04@hotmail.com <p>Este estudo objetivou analisar a Despesa Total Com Pessoal do município de Caicó (RN), no âmbito dos Poderes Executivo e Legislativo, em consonância com o que regulariza a Lei de Responsabilidade Fiscal, durante a década compreendida de 2011 a 2020. Para tanto, a pesquisa debruçou-se sobre os relatórios encontrados no Portal de Transparência do Município e na seção dos dados municipais, fornecidos pela respectiva prefeitura, do site do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte, de onde levantou-se os dados, posteriormente tabulados com auxílio do programa Excel<sup>©</sup> e apresentados por meio de gráficos e tabelas. Esta pesquisa é classificada como básica/pura, visando analisar o pagamento do Pessoal; descritiva, estudando a caracterização ao longo do período e de abordagem qualitativa, explorando a evolução de ano, por ano. Sua importância baseia-se na urgência da verificação do cumprimento das regras e limites impostos pela LRF, que surgiu como auxiliar na busca do equilíbrio fiscal das contas, em prol do aprimoramento da gestão pública brasileira. Na análise observou-se a relação percentual entre a Despesa Total com Pessoal e a Receita Corrente Líquida de cada exercício, os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal atingidos e sua evolução ao longo do período estudado, em ambos os poderes. Verificou-se uma extrapolação dos limites impostos pela Lei em 07 (sete) dos 10 (dez) anos estudados, apenas em 03 (três) deles o Executivo conseguiu estar dentro do limite legal. Acrescenta-se ainda a preocupação com os índices mais altos da DTP, demonstrados nos últimos 02 (dois) anos estudados. Esse aspecto demonstra um preocupante crescimento que já havia sido identificado desde o início dos anos 2000 em estudos de Nogueira e Rodrigues (2010), ao realizarem análise da situação da DTP frente à LRF na União, nas Unidades Federadas e nos Municípios.</p> 2023-01-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1591 Julgamento e tomada de decisão de contadores no Setor Público 2023-01-30T14:05:31+00:00 Ezequiel Nunes Pacheco ezequiel@unemat.br Clovis Antonio Kronbauer clovisk@unisinos.br Ernani Ott ernani@unisinos.br Vilmar Secundina Dantas vilmardantas@unemat.br <p>Esta pesquisa teve o objetivo de analisar como o Julgamento e Tomada de Decisão dos contadores em entidades do setor público é influenciado por aspectos do indivíduo, da tarefa e as pressões institucionais na implementação de normas relacionadas aos procedimentos de incorporação, depreciação e baixa de bens móveis e imóveis. A pesquisa se caracteriza como qualitativa e descritiva. Foram realizados dois grupos focais e 20 entrevistas com contadores que atuam em entidades do setor público da esfera municipal, estadual e federal, considerando como temáticas os aspectos do indivíduo, da tarefa e pressões institucionais. Os dados dessa pesquisa foram analisados com auxílio do <em>software on-line happyscribe</em> e do <em>software</em> IRAMUTEC. Após o agrupando em categorias conforme os pressupostos teóricos da Teoria Institucional e da Racionalidade Limitada, utilizou-se o método da nuvem de palavras e a análise de similitude, que agrupa as palavras e as organiza graficamente em função da sua frequência. Os resultados apontaram como influencia o conhecimento e experiência; forma de apresentação, complexidade e risco; e as pressões institucionais coercitivas, normativa e mimética no JDM dos contadores na implementação dos procedimentos de incorporação, depreciação e baixa de bens móveis.</p> 2023-01-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023 https://revistagesec.org.br/secretariado/article/view/1592 Sistema de gestão e medição de desempenho nas organizações públicas: o efeito mediador das capacidades dinâmicas 2023-01-30T14:11:14+00:00 Samuel Leite Castelo samuel.castelo@uece.br Aline Duarte Moraes Castelo aline_dmf@hotmail.com Carlos Alberto Esteves Ferreira Gomes cfgomes@fe.uc.pt <p>O objetivo do estudo é verificar a mediação das capacidades dinâmicas em relação entre Sistema de gestão e medição no desempenho governamental. Como método de pesquisa, realizou-se um <em>survey</em> com gestores e funcionários públicos relacionados com as atividades de gestão por resultados, e a análise dos dados foi operacionalizada com a técnica de modelagem de equações estruturais. As capacidades dinâmicas como variável de mediação na relação entre a Sistema de gestão e medição do desempenho e o desempenho no setor público indicam que uma maior gestão do desempenho interativa resultará em melhoria do desempenho governamental. Os resultados de estudos anteriores sobre Sistema de gestão e medição do desempenho no setor público não foram suficientemente esclarecidos. Esta pesquisa tenta preencher esta lacuna examinando a influência da Sistema de gestão e medição do desempenho por meio da capacidade dinâmica organizacional no desempenho do setor público. A presença da mediação das capacidades dinâmicas diferencia também este estudo de pesquisas anteriores.</p> 2023-01-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2023