Uma Investigação da Produção Científica dos Graduados em Secretariado Executivo pela Universidade Federal do Ceará no Período de 2010 a 2015

Márcia Monalisa Garcia, Ariadina Guimarães Torres, Chirley Lima da Silva, Juliana Carneiro Ribeiro

Resumo


A cultura da pesquisa em Secretariado é recente e tem sido amplamente fomentada e incentivada na esfera acadêmica e nos eventos acadêmicos e profissionais da área. Por isso, este estudo tem como objetivo analisar a produção científica dos bacharéis em Secretariado Executivo pela Universidade Federal do Ceará (UFC) no período de 2010 a 2015. Trata-se de uma pesquisa descritiva, bibliográfica, com abordagem quantitativa e qualitativa, utilizando para análise dos dados uma análise de conteúdo do item “Produções” do Currículo Lattes dos graduados pela UFC desde a fundação do curso, em 1995, até o ano de 2015. Dentre os principais resultados obtidos, a pesquisa apontou a necessidade de se diversificar os tipos de contribuição científica, pois a maior parte das pesquisas concentrou-se na apresentação de trabalhos; diversificar as temáticas pesquisadas, pois a maior parte concentrou-se na prática da profissão. Constatou-se também um aumento expressivo na produção científica nos anos de 2013 e 2014. Este trabalho suscitou a importância de se disseminar uma nova mentalidade acerca dos estudos secretariais, estimulando a produção de conhecimentos novos na área.


Palavras-chave


Pesquisa em Secretariado; Produção científica; Currículo Lattes.

Texto completo:

PDF

Referências


Amante, M. J; Costa, M. T.; Fernandéz-Llimós, F.; Lopes, P. F. & Lopes S. (2012). A bibliometria e a avaliação da produção científica: indicadores e ferramentas. In Congresso nacional de bibliotecários, arquivistas e documentalistas, 11, pp. 1-7. Recuperado em 14 de setembro, 2016, de http://www.bad.pt/publicacoes/index.php/congressosbad/article/view/429.

Associação Brasileira de Pesquisa em Secretariado. Recuperado em 15 de março, 2016, de http://www.abpsec.com.br/abpsec/index.php/a-pesquisa/a-pesquisa-em-Secretariado.

Bardin, L. (1979). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Bíscoli, F. R. V. (2012). A evolução do Secretariado executivo: caminhos prováveis a partir dos avanços da pesquisa científica e dos embates teóricos e conceituais na área. In Pesquisa em Secretariado: cenários, perspectivas e desafios, pp. 37-74. Passo Fundo: UPF Editora.

Demo, P. (1993). Desafios modernos da educação (16a ed.). São Paulo: Vozes.

______, P. (2006). Pesquisa: princípio científico e educativo (12a ed.). São Paulo: Cortez.

Durante, D. G. (2012). A evolução da profissão secretarial por meio da pesquisa. In Pesquisa em Secretariado: cenários, perspectivas e desafios. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo.

_______, D.G: Martins, C. B. & Cantarotti, A. (2016). Pesquisa em Secretariado: reflexões acerca da construção do conhecimento. Fortaleza: Edições UFC.

_______, D. G & Pontes, E.S. (2015). Produção intelectual em Secretariado executivo: estudo na revista de Gestão e Secretariado (GeSec). In Revista de Gestão e Secretariado (GeSec), São Paulo, jan./abr., pp. 23-47.

_______, D. G & Santos, M.E.M. (2012, junho). Contribuições da iniciação científica na formação do secretário executivo. Anais do XVIII Congresso Nacional de Secretariado, Belo Horizonte, MG, Brasil. Recuperado em 3 de março, 2016, de http://www.fenassec.com.br/xviii_consec_2012/3_lugar_artigo_contribuicoes.pdf

Ferreira, N. S. de A. (2002). As pesquisas denominadas estado da arte. In Educação e Sociedade, ano XXIII, n. 79.

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas.

Herculano, R.D. & Norberto, A. M. Q. (2012). Análise da produtividade científica dos docentes da Universidade Estadual Paulista, campus de Marília/SP. In Perspectivas em Ciência da Informação, abr./jun., pp.57-70.

Hoeller, P. A. F. (2006). A natureza do conhecimento em Secretariado executivo. In Revista Expectativa, pp. 139-145. Recuperado em 17 de março, 2016, de http://e-revista.unioeste.br/index.php/expectativa/article/viewFile/89/298.

Maçaneiro, M. B. (2012). A construção da identidade científica em Secretariado Executivo. In Daniela Giareta Durante (Org.). A evolução da profissão secretarial por meio da pesquisa. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo.

Marchelli, P. S. & Sabino, R. F. (2009). O debate teórico-metodológico no campo do Secretariado: pluralismos e singularidades. In Cadernos Ebape, pp. 607-621, Rio de Janeiro.

Muller, S. P. M. A. (2000). O periódico científico. In Campelo, B.S; Cedón, B. V, & Kremer, J. M. Fontes de informação para pesquisadores e profissionais, Cap.5, pp.73-95. Belo Horizonte: UFMG.

Nascimento, E. P. (2012). Pesquisa aplicada e interdisciplinaridade: da linguística ao Secretariado. In Daniela Giareta Durante (Org.). A evolução da profissão secretarial por meio da pesquisa. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo.

Nonato Júnior, R. (2009). Epistemologia e teoria do conhecimento em Secretariado Executivo: a fundação das ciências da assessoria. Fortaleza: Expressão Gráfica.

Oliveira, S. L. de. (1997). Tratado de metodologia científica: projetos de pesquisas, TGI, TCC, monografias, dissertações e teses. São Paulo: Pioneira.

Pádua, E. M. M. (2004). Metodologia da pesquisa: abordagem teórico-prática. Campinas, SP: Papirus.

Pereira, J. M. (2012). Manual de metodologia da pesquisa científica. São Paulo: Atlas.

Plataforma Lattes. Recuperado em 14 de setembro, 2015, de http://lattes.cnpq.br.

Polak, Y. N. de S.; Diniz, J. A. & Santana, J. R. (2011). Dialogando sobre metodologia científica. Fortaleza: Edições UFC.

Pritchard, A. (1969). Statistical bibliography or bibliometrics. Journal of Documentation, vol. 25, n. 4, pp. 348-349.

Romanowski, J. P. & Ens, R. T. (2006). As Pesquisas denominadas estado da arte em Educação. In Diálogo Educ., set./dez., pp. 37-50, Curitiba.




DOI: http://dx.doi.org/10.7769/gesec.v8i1.536

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Márcia Monalisa Garcia, Ariadina Guimarães Torres, Chirley Lima da Silva, Juliana Carneiro Ribeiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista de Gestão e Secretariado - GeSeC e-ISSN:2178-9010

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia