Uma Análise da Gestão de Projetos de Extensão de uma Instituição Federal de Ensino

Rafael Rodrigues Silva, Maria Rafaela Soares Teixeira, Flavia Tatiane Ribeiro de Lima Rodrigues

Resumo


Este trabalho se propõe a analisar a gestão dos projetos de extensão de uma instituição federal de ensino localizada no nordeste brasileiro. Sabe-se que gerenciar projetos é aplicar conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de atender aos requisitos. Portanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa, que detalhou os processos de gerenciamento dos projetos de extensão baseando-se nas definições do Project Management Body of Knowlegde (PMBOK). Sendo assim, esta pesquisa caracteriza-se como um estudo de caso, no qual se realizaram análises dos editais de seleção dos projetos e entrevista com o coordenador de extensão do campus. Os resultados mostraram que a instituição está em consonância com um guia que contém boas práticas de gerenciamento de projetos, o PMBOK; entretanto, existem alguns aspectos que precisam ser melhorados.


Palavras-chave


Gestão de projetos. PMBOK. Projetos de extensão

Texto completo:

PDF

Referências


Bomfin, D. F. ; Nunes, P. C. A. & Hastenreiter, F. (2012). Gerenciamento de projetos segundo o guia PMBOK: desafios para os gestores. Revista Gestão e Projetos. 3(3), 58-87.

Carvalho, M. M. & Rabechini Jr., R. (2011). Fundamentos em gestão de projetos: construindo competências para gerenciar projetos (3a ed.). São Paulo: Atlas.

Conselho Nacional das Instituições Federais de Educação profissional e Tecnológica - Conif (2013). Extensão Tecnológica - Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica / Conselho Nacional das Instituições Federais de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Cuiabá (MT): Conif/IFMT. Recuperado em 10 abril, 2016, de http://www.ifms.edu.br/wp-content/uploads/2013/06/documento_ extensao_tecnologica_conif.pdf.

Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília. Recuperado em 10 abril, 2016, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm.

Costa, G., Maccari; E. A., Martins, C. B. & Kniess, C. T. (2014). Project Management in Higher Education Institutions: Pro-Administration Case. In: BBR Conference, 2014, Vitoria. 2th BBR Conference. Vitoria: Fucape, vol. 1. pp. 1-17.

Esteves, J. & Falcoski, L. (2013). Gestão do processo de projetos em universidades públicas: estudos de caso. Gestão & Tecnologia de Projetos, 8(2), 67-87.

Fórum de Pró-reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras (Forproex) (2012). Política Nacional da Extensão Universitária. Brasília, MEC/SESu; Manaus/AM, maio, 2012. Recuperado em 10 abril, 2016, de http://www.renex.org.br/documentos/2012-07-13-Politica-Nacional-de-Extensao.pdf.

Kerzner, H. (2009). Project management: a systems approach to planning, scheduling, and controlling (10a. ed.). New Jersey: John Wiley & Sons.

Landgraf, F. J. G. (1996). Gerenciamento de Projetos de P&D via uso de metas técnicas quantitativas. XIX Simpósio de Gestão da Inovação da Tecnologia, São Paulo, 1996.

Lima, I. A.; Carvalho, H. G. & Kovaleski, J. L. (1999). Gestão de projetos de pesquisa e desenvolvimento no âmbito da cooperação escola-empresa. Encontro da Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração (EnANPAD). Recuperado em 10 de abril, 2016, de http://www.anpad.org.br/admin/pdf/enanpad1999-act-11.pdf.

Malhotra, N. K. (2005). Introdução à pesquisa de marketing. São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Marconi, M. A. & Lakatos, E. M. (2010). Fundamentos de metodologia científica (7a ed.). São Paulo: Atlas.

Ministério da Educação (2010). Um novo modelo em educação profissional e tecnológica: concepção e diretrizes. Recuperado em 20 março, 2015, de http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=286&Itemid=353.

Pacheco, E. (2010). Os institutos federais: uma revolução na educação profissional e tecnológica. Brasília: MEC/Setec.

Papke-Shields, K. E.; Beise, C. & Quan, J. (2010). Do project managers practice what they preach, and does it matter to project success? International Journal of Project Management, 28 (7), 650-662.

Project Management Institute (2008). Um guia do conjunto de conhecimento em gerenciamento de projetos (Guia PMBOK®) (4a ed.). Project Management Institute, Four Campos Boulevard, Newton Square.

Project Management Institute (2013). Um guia do conjunto de conhecimento em gerenciamento de projetos (Guia PMBOK®. (5a. ed.). Project Management Institute, Four Campos Boulevard, Newton Square.

Silva, C. J. R.; Vidor, A. M.; Pacheco, E. M. & Pereira, L. A. C. (2009). Institutos Federais Lei 11.982, de 29/12/2008: comentários e reflexões. Natal: Editora do IFRN.

Terribili Filho, A.; Nery, A. C. B. & Bentancor, A. L. (2015). Gestión de proyectos de innovación en las instituciones educativas privadas en San Pablo. Revista de Estudios y Experiencias en Educación, 14 (27), dez, 85-103.

Veras, M. (2014). Gerenciamento de projetos: Project Model Canvas (PMC). Rio de Janeiro: Brasport.

Yin, R. K. (2005). Estudo de caso: planejamento e métodos (3a ed.). Porto Alegre: Bookman.




DOI: http://dx.doi.org/10.7769/gesec.v7i3.502

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Rafael Rodrigues Silva, Maria Rafaela Soares Teixeira, Flavia Tatiane Ribeiro de Lima Rodrigues

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista de Gestão e Secretariado - GeSeC e-ISSN:2178-9010

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia