Uma análise da consultoria secretarial como novo nicho de mercado e como disciplina nos cursos de secretariado executivo

Autores

  • Caroline Jane Schmitz Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste
  • Patrícia Stafusa Sala Battisti Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste
  • Sandra Regina Führ dos Santos Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v6i2.272

Palavras-chave:

Disciplina Consultoria. Secretariado Executivo. Consultoria secretarial.

Resumo

Este estudo objetiva provocar uma reflexão sobre a consultoria secretarial, mostrando a transformação da profissão de secretariado ao longo dos anos, assim como as novas competências deste profissional que desponta no setor de consultoria. A hipótese que nutriu a problemática do estudo é que, embora as diretrizes curriculares prevejam um profissional secretário executivo consultor, este ainda representa um ramo pouco explorado pelas empresas e pelas instituições de ensino superior (IES). Nesse sentido, com o propósito de conhecer as mudanças no perfil do secretário executivo e de estabelecer uma relação com o perfil exigido do consultor empresarial, procedeu-se a uma pesquisa documental nas Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de Secretariado Executivo, bem como a uma pesquisa bibliográfica, tanto em autores que traçam o perfil do secretário executivo quanto em autores que apresentam o perfil de consultores em geral. Em seguida, após identificar, por meio de pesquisa documental no site do Inep, as IES do Brasil que ofertam curso em Secretariado Executivo, buscou-se pesquisar sua grade no que concerne à importância dada à consultoria em cada curso. Trata-se de uma pesquisa descritivo-exploratória, com abordagem qualitativa, utilizando concomitantemente o levantamento de dados quantitativos para mapear instituições e a abordagem qualitativa para analisar o tratamento conferido à disciplina Consultoria nos cursos. Pode-se concluir que apesar de a consultoria ser um ramo de atuação promissor e das Diretrizes Curriculares direcionarem para tal conteúdo, são poucas as IES que a possuem em seu currículo, o que provoca uma reflexão acerca do profissional que se quer formar para o mercado atual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caroline Jane Schmitz, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

Graduada em Secretariado Executivo pela Unioeste, Campus Toledo. Graduanda no Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Consultoria Econômico-Financeira e Empresarial, pela Unioeste, CampusToledo.

 

Membro do GPSEB (Grupo de Pesquisa em Secretariado Executivo Bilíngue) da UNIOESTE

Patrícia Stafusa Sala Battisti, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

Graduada em Secretariado Executivo pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE

Mestre em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP

Doutoranda em Administração pela Universidade Positivo de Curitiba/PR

Professora da Disciplina de Assessoria e Consultoria Empresarial no Curso de Secretariado Executivo – UNIOESTE

Membro do GPSEB (Grupo de Pesquisa em Secretariado Executivo Bilíngue) da UNIOESTE

Sandra Regina Führ dos Santos, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

Graduada em Secretariado Executivo pela UNIOESTE/Toledo-PR.

Referências

Artico, J.A. & Cantarotti, A. (2013). O secretário executivo no âmbito da consultoria. Revista Capital Científico – Eletrônica (RCCe). Vol. 11 n. 1. Janeiro-junho.

Becker, G. & Ceolin, J. (2010). Gestão secretarial – uma nova visão de assessoramento nas organizações. In: Secretariado Executivo em Revista. Passo Fundo, pp. 51-61, n. 6.

Recuperado em agosto de 2012, de <http://www.upf.br/secretariado/index.php?option=com_content&view=article&id=10&Itemid=16>.

Bortolotto, M. F. P. & Willers, E. M. (2005). Profissional de Secretariado Executivo: Explanação das principais características que compõem o perfil. Revista Expectativa –Eletrônica. Vol. 4, n. 4. pp. 45-56.

Braga, Edner (2007). O processo de consultoria e o perfil do consultor. In: Publicação

informativa de assuntos ligados às atividades de consultoria, profissão, administração, mercado de trabalho, gestão de pessoas, palestras, treinamentos, cursos e orientação. Letra Nova, agosto n 1.

Recuperado em agosto de 2012, de

http://www.ebragaconsultoria.profissional.ws/arquivos/perspectivas_administracao_conhecimento_interdisciplinar.pdf >.

Brasil. MEC, CNE (2005). Resolução n°. 3, de 23 de junho de 2005. Institui as diretrizes curriculares nacionais para os cursos de graduação em secretariado executivo e dá outras

providências. Relator: Edson de Oliveira Nunes. Publicação no DOU n° 121, de

/6/2005, Seção 1, pp. 79-80. Recuperado em agosto de 2012, de

<http://www.portaldosecretariado.com.br/?page=DiretrizesCurriculares>.

Cielo, J. D; Schmidt, C. M. & Wenningkamp, K. R. (2013). Secretário Executivo no Brasil: Quo Vadis?. In: Encontro Nacional Acadêmico de Secretariado Executivo, 3, João Pessoa, PB. Anais... João Pessoa: Ideia. CD-rom. pp. 249-264.

Crocco, L. & Guttmann, E. (2010). Consultoria Empresarial. (2a ed.) São Paulo: Saraiva.

Dolabela, F. (1999). Oficina do empreendedor. São Paulo: Cultura Editores Associados.

Durante, D. G & Santos, M. E. M. dos (2010). Profissão Secretarial: Enfoque na atuação estratégica. Revista Expectativa. Vol. 9 – n. 9. Janeiro-dezembro. 2010. pp. 25-42.

Gil, A. C. (2000). Técnicas de pesquisa em Economia e elaboração de monografia (3a ed.). São Paulo: Atlas.

Gonçalves, Marilson Alves (1991). Consultoria. Revista de Administração de Empresas. São Paulo, 31(2), pp. 91-98, abril-junho.

Guimarães, M. E. (2002). O livro azul da secretária moderna (20a ed.) São Paulo: Érica.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira – MEC – Inep. Enade – Relatório de Cursos e IES 2004-2009. Recuperado em abril de 2013, de < http://enadeies.inep.gov.br/enadeIes/enadeResultado/>.

Lakatos, Maria Eva &;Marconi, Maria de Andrade (1992). Metodologia do trabalho científico (4a ed.). São Paulo: Atlas.

Marasini, G. & Neumann, S. E. (2011). O secretário executivo como consultor: foco no atendimento ao cliente. In: Encontro Nacional Acadêmico de Secretariado Executivo, 2, Passo Fundo, RS. Anais...Passo Fundo. CD-Rom.

Neiva, Edméa Garcia & D’elia, Maria Elizabete Silva (2009). As novas competências do profissional de Secretariado (2a ed.). São Paulo: IOB.

Oliveira, D. P. R. de (2012). Manual de consultoria empresarial: conceitos, metodologia, práticas (11a ed.). São Paulo: Atlas.

Portela, K. C. A. & Schumacher, A. J. (2006). Ferramentas do secretário executivo: formas, normas e organização. Santa Cruz do Rio Pardo, SP: Viena.

Rossoni, Luciano (2013). Métodos quantitativos. Curitiba; Universidade Positivo. [Apostila.]

Sabino, R. F. & Rocha, F. G. (2004). Secretariado: do escriba ao webwriter. Rio de Janeiro: Brasport.

Schumacher, A. J.; Portela, K. C. A. & Pereira, S. A. (2010). O profissional de secretariado executivo no mercado de consultoria organizacional. In: Encontro

Acadêmico Nacional de Secretariado Executivo, 1, Toledo, PR.

Anais...Toledo. CD-Rom.

Silva, Ana Cristina Brandão Ribeiro (2010). Atuação e competências do secretário

executivo: assessor, gestor, consultor, empreendedor. In: Enasec, 1, Toledo, Pr. CD-rom.

Silva, A. P. da (2012). Análise das matrizes curriculares do curso de Secretariado

Executivo e a observância às Diretrizes Curriculares Nacionais. Trabalho de Conclusão de Curso. Londrina, UEL.

Downloads

Publicado

2015-08-01

Como Citar

Schmitz, C. J., Battisti, P. S. S., & dos Santos, S. R. F. (2015). Uma análise da consultoria secretarial como novo nicho de mercado e como disciplina nos cursos de secretariado executivo. Revista De Gestão E Secretariado, 6(2), 19–43. https://doi.org/10.7769/gesec.v6i2.272

Edição

Seção

Artigos