O Impacto das Políticas de Eventos no Clima Organizacional

Maria do Carmo Ferreira Lima, Gabriela Duarte, Aline Araujo, Maria Cecília Paiva

Resumo


Focando cada vez mais as relações pessoais e o indivíduo, as organizações têm percebido a necessidade de um clima organizacional positivo para seu bom desempenho e desenvolvimento. Ao considerar as políticas de eventos como uma ferramenta motivacional e de incentivo à relação interpessoal, na pesquisa pretende-se  aprofundar no assunto para estabelecer uma relação entre a utilização de tais práticas e seu impacto na geração de um ambiente de trabalho favorável. A realização da pesquisa deu-se em duas fases: uma de natureza exploratória-bibliográfica e outra de natureza quantitativa descritiva. Com a aplicação dos questionários foi verificado que as organizações não priorizam as necessidades e expectativas de seus funcionários, esquecendo que eles são recursos essenciais. Embora os colaboradores reconheçam que seu nível de motivação e integração são elevados com as aplicações de práticas de eventos e, além disso, afirmaram que há influências destas práticas em todo o clima da organização, são poucas as empresas que as adotam como ferramenta estratégica. Verificou-se ainda a grande disparidade existente entre a frequência e a influência desses eventos no cenário corporativo, que demonstraram a falta de conhecimento das organizações quando foi tratado na pesquisa sobre a opinião de seus colaboradores. Assim com os resultados da pesquisa percepeu-se que se as organizações investissem nos eventos corporativos com foco nos funcionários, conseguiriam elevar o estado de motivação de seus empregados.

DOI: 10.7769/gesec.v5i1.262


Palavras-chave


Política de Eventos, Secretariado, Gestão

Texto completo:

PDF

Referências


Bekin, Saul Faingaus. (1995). Conversando sobre endomarketing. São Paulo: Makron Books.

Bervian, Pedro Alcino; Silva, Roberto da & Cervo, Amado Luiz (2007). Metodologia Cientifica. (6a ed.) São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Bohlander, G.; Snell, Scott & Sherman, Arthur. (2005). Administração de Recursos Humanos. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.

Cesca, Cleuza G. Gimenes (2008). Organização de eventos: manual para planejamento e execução. São Paulo. Summus Editorial.

Cobra, Marcos & Brezzo, Roberto (2010). O novo marketing. Rio de Janeiro: Elsevier.

França, Limongi (2008). Práticas de Recursos Humanos: PRH. São Paulo: Atlas.

Greiner, Larry. (1967). Patterns of organizations change. Harvard Business Review, May/June 1967. pp. 119-122.

Hitt, M. A.; Ireland, R. D. & Hoskis Son, R. E. (2002) Administração estratégica. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.

Hitt, Michael A.; Miller, C. Chet & Colella, Adrienne (2007). Comportamento organizacional: uma abordagem estratégica. Rio de Janeiro: LTC.

Luz, Ricardo (2001). Clima organizacional. Rio de Janeiro: Qualitymark.

Mcclelland, D. C. (1972). A sociedade competitiva : realização e progresso social. Rio de Janeiro: Expansão e Cultura.

Moscovici, Fela (1997). Desenvolvimento interpessoal: treinamento em grupo. Rio de Janeiro: José Olympio.

Phillips, Jack J.; Myhill Monica; & Mcdonough James (2001). B. Valor estratégico dos eventos: como e por que medir ROI. São Paulo: Aleph.

Ponce, Felicia Alejandrina Urbina. (1995). Marketing Interno: um estudo de caso no setor de franqueado do ramo de perfumaria e cosmético nas cidades de São Paulo e Osasco. Tese de Doutorado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo.

Pugh, D. S. (1969). Organization theory: An approach from psychology. Human Relations, 22, 345-354.

Souza, A. & Santos, G. (1992). Endomarketing: considerações teóricas e práticas de uma estratégia de integração. In: ANPAD, Marketing, vol. 5. Rio Grande do Sul.

Andrade, Renato Brenol. (1999). Manual de eventos. Caxias do Sul: Educs.

Acevedo, Claudia Rosa; Nohara, Jouliana Jordan. (2010). Monografia no curso de administração: guia completo de conteúdo e forma: inclui normas atualizadas da ABNT, TCC, TGI, trabalhos de estágio, MBA, dissertações, teses. 3 ed. São Paulo: Atlas.




DOI: https://doi.org/10.7769/gesec.v5i1.262

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Maria do Carmo Ferreira Lima, Gabriela Duarte, Aline Araujo, Maria Cecília Paiva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

GeSec - Revista de Gestão e Secretariado | São Paulo, São Paulo, Brasil | e-ISSN:2178-9010

Para referências:

R. G. Secr., GESEC.

Licença Creative Commons
Esta Revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia