PROVÁVEIS INFLUÊNCIAS DO PRIMEIRO ANO DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGUE NO COTIDIANO DOS ESTUDANTES

Cibele Barsalini Martins, Luiz Antônio Genghini, Ismar Vicente, Penha Maria Mendes Terra

Resumo


Neste artigo os autores têm como objetivo identificar as influências do primeiro ano do curso de Secretariado Executivo Bilíngüe no cotidiano dos alunos. Para tanto, aborda-se as questões relacionadas à evolução nos aspectos profissional, social e individual, segundo os parâmetros das diretrizes curriculares das Instituições de Ensino Superior, emitida pelo Ministério de Educação e Cultura - MEC. Utilizou-se para tanto o método de pesquisa exploratório, não probabilístico de conveniência, julgamento e cotas. Como principais pressupostos teóricos foram abordados os conceitos sobre a escolha do curso superior e as possibilidades de entrar no mercado de trabalho. Os resultados do estudo apontam que os alunos em Secretariado Executivo, vêm participando efetivamente do mercado de trabalho e possuem consciência da necessidade de constante aperfeiçoamento educacional objetivando melhorar, cada vez mais, sua qualificação profissional.


Palavras-chave


Secretariado Executivo; Escolha; Aferição; Influências; Alunos; Cotidiano

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7769/gesec.v1i2.20

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Cibele Barsalini Martins, Luiz Antônio Genghini, Ismar Vicente, Penha Maria Mendes Terra

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

GeSec - Revista de Gestão e Secretariado | São Paulo, São Paulo, Brasil | e-ISSN:2178-9010

Para referências:

R. G. Secr., GESEC.

Licença Creative Commons
Esta Revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia