Produção do leite: a relação entre os fatores determinantes do custo de produção e os preços pagos ao produtor

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v13i3.1379

Palavras-chave:

Leite in Natura, Soja, Milho

Resumo

O Brasil ostenta um dos maiores rebanhos de bovinos do mundo e a pecuária leiteira representa uma atividade econômica de grande relevância. A partir de dados do IBGE (2012), Bragagnolo et al. (2011) afirmam ainda que, o custo médio de produção de leite do Brasil é um dos menores do mundo, sendo inferior até mesmo que ao dos Estados Unidos. Apesar disso, muitos produtores rurais reclamam dos custos de produção nas diversas regiões do país, afirmando existirem grandes oscilações no preço do leite ofertado afirmando existirem grandes oscilações no preço do leite ofertado pela indústria e nos custos produtivos. Portanto, o objetivo deste artigo foi avaliar qual o impacto das oscilações dos componentes do custo de produção leiteira no valor pago pelo leite in natura aos pecuaristas. Para tanto, foram coletados dados secundários nas bases de dados no sitio da CONAB e da CEPEA/Esalq/USP. Foram coletados os preços pagos pela soja e pelo milho, assim como os preços pagos pelo leite in natura. O período coletado foi de janeiro de 2009 a dezembro de 2012 devido à disponibilidade de dados. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva, teste de normalidade dos dados, correlação e regressão linear múltipla. Nos resultados encontrados, com exceção da Bahia, todos os demais modelos propostos, evidenciaram que o insumo milho influencia o preço do leite in natura pago ao produtor em todos os demais Estados e o insumo soja não. No caso da Bahia, a pesquisa mostrou que os dois insumos, milho e soja, influenciam o preço pago ao produtor de leite. A análise de regressão corrobora então, a análise de correlação, evidenciando que o insumo milho influencia de forma relevante o preço pago ao produtor de leite nos sete estados pesquisados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AYRES, M. et al. Manual BioEstat 5.0. 2007.

BEUREN, I. M. (Org.). Como elaborar trabalhos monográficos em Contabilidade: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2008. 195 p.

BÁNKUTI, Ferenc I.; SOUZA FILHO, Hildo M.; BÁNKUTI, Sandra M. S. Mensuração e análise de custos de transação arcados por produtores de leite nos mercados formal e informal da região de São Carlos, SP. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v.10, n.3, p. 343-358, 2008.

BRAGAGNOLO, C. et al. Elasticidades de substituição e de preços na produção de leite. Revista de Política Agrícola, v. 20, n. 2, p. 119-130, 2011.

CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ECONOMIA APLICADA ESALQ/USP. Custos de Produção do Leite. Disponível em: <http://cepea.esalq.usp.br/leite/?page=672>. Acesso em: 22 abr. 2013.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A. Metodologia científica. 4ª ed. São Paulo: Makron Books, 1996.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Conjunturas mensais. Disponível em: <http://www.conab.gov.br/conteudos.php?a=526&ordem=produto&Pagina_objcmsconteudos=22#A_objcmsconteudos>. Acesso em: 18 abr. 2013.

DIEESE. Estatísticas do meio rural. São Paulo: DIEESE, 2006.

ESTATCAMP. Action. Versão 2.5. São Carlos: Estacamp, [entre 1997 e 2011]. Disponível em: <http://www.portalaction.com.br/content/download-action>. Acesso em: 25 mar. 2013.

FREZATTI, F.; ROCHA, W. Controle gerencial: uma abordagem da contabilidade gerencial no contexto econômico, comportamental e sociológico. Atlas, 2009.

FREUND, J. E. Estatística Aplicada Economicamente. Bookman, 2006.

HAYTER, A. J.; TSUI, K-L. Identification and quantification in multivariate quality control problems. Journal of Quality Technology, v. 26, n. 3, p. 197-208, 1994.

HOFFMANN, R. et al. Administração da empresa rural. São Paulo: Pioneira, 1987. 325p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Produção de leite no período de 01.01 a 31.12 segundo as Grandes Regiões e Unidades da Federação - 2011. Disponível em: <ftp://ftp.ibge.gov.br/Producao_Pecuaria/Producao_da_Pecuaria_Municipal/2011/tabelas_pdf/tab06.pdf>. Acesso em: 27 abr. 2013.

MALHOTRA, K. N. Pesquisa de Marketing. Porto Alegre: Bookman, 2001.

MARTINS, G. de A.; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação científica para Ciências Sociais Aplicadas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MARTINS, E.; ROCHA, W. Contabilidade de custos: livro de exercícios. São Paulo: Atlas, 2010.

MINGOTI, S. A.; GLÓRIA, F. A. A. Comparando os métodos paramétrico e não-paramétrico na determinação do valor crítico do teste estatístico de médias proposto por Hayter e Tsui. Produção, v. 15, n. 2, p. 251-262, 2005.

PESQUISA DA EPAMIG CONSOLIDAM SISTEMA DE PRODUÇÃO EFICIENTE DE LEITE. Agência Minas, Belo Horizonte, 08 mai. 2012. Disponível em: <http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/pesquisas-da-epamig-consolidam-sistema-de-producao-eficiente-de-leite/>. Acesso em: 27 abr. 2013.

REIS, R. P.; MEDEIROS, A. L.; MONTEIRO, L. A. Custos de produção da atividade leiteira na região sul de Minas Gerais. Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 3, n. 2, 2011.

ROCHA, W.; BORINELLI, M. L. Análise estratégica de cadeia de valor: um estudo exploratório do segmento indústria-varejo. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 4, n. 7, p. 145-165, 2007.

TAVARES, M. Estatística Aplicada à Administração. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração/UFSC, 2007.

Downloads

Publicado

2022-11-18

Como Citar

Cristo-Diniz, P. C. de O. ., Neto, E. B. M. ., & Tavares, M. . (2022). Produção do leite: a relação entre os fatores determinantes do custo de produção e os preços pagos ao produtor. Revista De Gestão E Secretariado, 13(3), 861–880. https://doi.org/10.7769/gesec.v13i3.1379