Didática dos professores de ensino superior: percepções dos alunos sobre os docentes de um curso de graduação em administração

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v13i3.1364

Palavras-chave:

Ensino Superior, Didática, Atuação Docente, Bom Professor

Resumo

O processo de ensino-aprendizagem é uma questão complexa e envolve elementos como a articulação de saberes aos contextos específicos da vivência dos alunos, o relacionamento interpessoal, as técnicas usadas para repassar o conteúdo e o grau de autonomia e protagonismo atribuído aos alunos. De forma a melhor compreender como este processo ocorre, o presente artigo possui como objetivo explicitar as percepções dos alunos de um curso superior em Administração com relação às características dos bons e dos maus professores e da atuação destes em suas atividades profissionais. A metodologia utilizada envolve a observação do incidente crítico, onde foi realizado um estudo de caso utilizando-se de uma entrevista semiestruturada com um grupo de 20 alunos de um curso de Administração. As principais conclusões do estudo demonstram que a insatisfação dos professores, quando percebida pelos alunos, é um dos principais fatores que prejudicam a avaliação dos docentes. Além disso, a desconexão entre teoria e prática, falta de conhecimento das Tecnologias de Informação e Comunicação e baixa interação professor-aluno foram fatores citados como característicos de um mau professor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Bacich, L.; Moran, J. (2018) Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. Porto Alegre: Penso.

Camargo, F.; Daros, T. (2018) Sala de aula inovadora: estratégias para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre.

Cândido, C. MA.; Assis, M. R. DE; Ferreira, N. T.; SOUZA, MA. A. (2014) A Representação Social Do “ Bom Professor ” No Ensino Superior. Psicologia & Sociedade, v. 26, n. 2, p. 356–365.

Cardoso, E.; Frederico-Ferreira, M.; Loureiro, C.; Neves, M.; Ventura, M. O “bom professor” – opinião dos estudantes. Revista de Enfermagem Referência, v. III Série, n. no 5, p. 95–102, 2011. Disponível em: <http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0874-02832011000300010&lng=pt&nrm=iso&tlng=en>.

Castel, A. F. G. La Integración De Las Tic En Los Procesos Educativos Y Organizativos. Educar em Revista, v. 34, n. 69, p. 325–339, 2018. Disponível em: <https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/57305>.

Creswell, J. W. (2010) Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 3o ed. São Paulo: Artmed Editora.

Cruz, G. B. Da. (2017) Didática e docência no ensino superior. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 98, n. 250, p. 672–689. Disponível em: <http://rbep.inep.gov.br/index.php/rbep/article/view/2931>.

Felden, E. De L. Desenvolvimento profissional docente: desafios e tensionamentos na educação superior na perspectiva de coordenadores de área. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 98, n. 250, p. 747–763, 2017. Disponível em: <http://rbep.inep.gov.br/index.php/rbep/article/view/2858>.

Ferreira, G. M. Dos S.; Freitas, R. C.; Moreira, L. C. P. Inovação, TIC e docência: práticas e concepções de professores em uma IES privada. Revista Internacional de Educação Superior, v. 4, n. 1, p. 25–51, 2018. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8650880>. .

Flanagan, J. C. (1954) The critical incident technique. Psychological Bulletin, v. 51, n. 4.

Jardilino, J. R. L.; Amaral, D. J. Do; Lima, D. F. A interação professor-aluno em sala de aula no ensino superior: o curso de Administração de Empresas. Revista Diálogo Educacional, v. 10, n. 29, p. 101–119, 2010. Disponível em: <https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/viewFile/3064/2992>. .

Kremer, J. M. (1980) A técnica do incidente crítico: the critical incident technique. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, v. 9, n. 2, p. 165–176.

Lowman, J. (2004) Dominando as técnicas de ensino. São Paulo: Atlas.

Mantovani, I. C. De A.; Canan, S. R. Política de formação de professores do ensino superior e qualidade de ensino: um estudo sobre o programa pedagogia universitária como possibilidade de qualificação docente na perspectiva pedagógico-didática. Revista Internacional de Educação Superior, v. 1, n. 2, p. 136–148, 2015. Disponível em: <http://xanpedsul.faed.udesc.br/arq_pdf/947-0.pdf>. .

Marques, V. A.; Oliveria, M. C. De; Nascimento, E. M.; Cunha, J. V. A. Da. (2012) Atributos de um bom professor: um estudo sobre a percepção dos alunos de Ciências Contábeis. Revista de Contabilidade e Controladoria, v. 4, n. 2, p. 7–23.

Miles, M.; Huberman, A. M. (2013) Qualitative data analysis: a methods sourcebook. 3o ed. SAGE Publications Inc.

Miranda, G. J.; Casa Nova, S. P. D. C.; Cornacchione Junior, E. B. (2012) Os Saberes dos Professores-Referência no Ensino de Contabilidade. Revista de Contabilidade e Finanças - USP, v. 23, n. 59, p. 142–153.

Muritiba, P. M.; Casado, T.; Sérgio Nunes Muritiba. (2010) Personalidade e preferência por métodos de ensino: um estudo com graduandos em Administração. Revista de Administração FACES, v. 9, n. 2, p. 65–85.

Provinciali, V. L. N.; Silva Saraiva, L. A.; Mesquita, H. T.; Campos, L. O. B. N. De. A Graduação em Administração sob a ótica discente. REGE Revista de Gestão, v. 12, n. 2, p. 19–36, 2005. Disponível em: <http://search.proquest.com/docview/1020357308?accountid=142358>. .

Regina, S.; Maria, S.; Cunha, I. Qualidade do ensino de graduação: concepções de docentes pesquisadores Teaching quality of graduation: conceptions of faculty researchers. Avaliação (Campinas), v. 22, n. 2, p. 316–331, 2017. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/aval/v22n2/1982-5765-aval-22-02-00316.pdf>. .

Shane, S.; Venkataraman, S. (2000) The promise of entrepreneurship as a field of research NOTE THE PROMISE OF ENTREPRENEURSHIP AS A FIELD OF RESEARCH University of Maryland. The Academy of Management Review, v. 25, n. 1, p. 217–226.

Da Silva Lourenço, C. D.; Knop, M. F. T. (2011) Ensino superior em Administração e percepção da qualidade de serviços: Uma aplicação da escala SERVQUAL. Revista Brasileira de Gestao de Negocios, v. 13, n. 39, p. 219–233.

Souza, S. A. De; Reinert, J. N. Avaliação de um curso de ensino superior através da satisfação/insatisfação discente. Avaliação, Campinas, v. 15, n. 1, p. 159–176, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/aval/v15n1/v15n1a09.pdf%5Cnhttp://www.redalyc.org/articulo.oa?id=219114878009>.

Vieira, C. De C. N.; Padilha, C. K.; Domingues, M. J. C. De S. (2013) Características esperadas do professor atuante nos cursos de Administração e Ciências Contabeis. Revista da UNIFEBE, v. 1, n. 12, p. 125–138.

Yin, R. K. (2005) Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Artmed Editora.

Yin, R. K. (2016) Qualitative Research From Start to Finish, Second Edition.

Downloads

Publicado

2022-11-11

Como Citar

Serpe, L. F. ., Junior, I. C. ., & Fernandes , J. M. F. . (2022). Didática dos professores de ensino superior: percepções dos alunos sobre os docentes de um curso de graduação em administração. Revista De Gestão E Secretariado, 13(3), 735–755. https://doi.org/10.7769/gesec.v13i3.1364