As Competências Gerenciais Desenvolvidas pelos Secretários Executivos

Conceição de Maria Pinheiro Barros, Joelma Soares da Silva, Geovana Alves de Lima, Daniela Graciela Silva Brito

Resumo


O profissional de Secretariado Executivo está diretamente envolvido nos processos de gestão da empresa, pois sua atuação se dá em cargos de assessoria a diretores, gerentes, supervisores, assim como em cargos específicos de gestão, como encarregado administrativo, gerente, responsável pelo departamento, coordenador do setor, consultor e tantas outras nomenclaturas existentes. Este trabalho tem como objetivo geral investigar as competências gerenciais na atuação do profissional de Secretariado Executivo. Para o alcance dos objetivos propostos foi realizada uma pesquisa qualitativa, a partir de um levantamento bibliográfico e uma pesquisa de campo. Após a análise dos dados percebeu-se que as competências gerenciais são utilizadas em Secretariado Executivo nas suas diversas responsabilidades, contribuindo para o alcance de objetivos e metas organizacionais por meio do desenvolvimento de atividades que envolvem o gerenciamento, participação no planejamento, na condução e estímulo às pessoas e ao controle. Esse profissional vem superando grandes desafios, ampliando suas competências e seu campo de inserção e contribuindo efetivamente para o bom desempenho organizacional.

DOI:10.7769/gesec.v4i2.131


Palavras-chave


Competências Gerenciais; Gestão em Secretariado, Competências Gerenciais do Secretário Executivo.

Texto completo:

PDF

Referências


Aktouf, O. (1996). A administração entre tradição e a renovação. São Paulo: Atlas.

Barros, C. M. P., Braga, M. C. & Silva, J. S. (2011). As competências gerenciais na atuação do Secretário Executivo no nível estratégico. Revista Expectativa, Paraná, (n. 1, pp. 91-106, 2011),. Recuperado em 8 mar. 2013 de < http://e-revista.unioeste.br/index.php/expectativa/article/view/6096>.

Beuren, I. M (org.). (2008).Como elaborar trabalhos monográficos em Contabilidade: teoria e prática. São Paulo: Atlas.

Carvalho-Freitas, M. N. (2007). A inserção de pessoas com deficiência em empresas brasileiras: um estudo entre as concepções de deficiência, condições de trabalho e qualidade de vida no trabalho. Tese de doutorado. UFMG.

Cervo, A. L. & BerviaN, P. A. (2002). Metodologia científica: para uso dos estudantes universitários (5a ed.). São Paulo: McGraw-Hill do Brasil.

Fernandes, L. A. & Gomes, J. M. M. (2003, janeiro/junho) Relatórios de pesquisa nas Ciências Sociais: características e modalidades de investigação. Revista Contexto (vol. 3, n. 4, pp. 1-23), Porto Alegre. Recuperado em 10 jan. 2013, de .

Ferreira, A. B. de H. (2001) O minidicionário da língua portuguesa. (5a ed.) rev. ampliada. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Field, Andy. (2009). Descobrindo a estatística usando o SPSS. Porto Alegre: ArtMed.

Fleury, M.T. L. & Fleury, A.(2001) Construindo o conceito de competência. Revista de Administração Contemporânea – RAC, Rio de Janeiro , v. 2, n. especial,, pp. 183-196. Recuperado em 26 set. 2013 de http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415-65552001000500010&script=sci_arttext.

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projeto de pesquisa (5a ed.). São Paulo: Atlas.

Lasta, A. & Durante, D. G. (2008). A gestão secretarial no cenário organizacional contemporâneo. Secretariado Executivo em Revista, Passo Fundo, n. 4, pp. 49-65. Recuperado em 10 jan. 2013 de http://www.upf.br/secretariado/download/revista-n4.pdf

Lei N. 7.377, de 30 de setembro de 1985. Dispõe sobre o exercício da profissão de secretário e dá outras providências. Brasília: Senado Federal. Recuperado em 10 jan. 2013 de < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l7377consol.htm>.

Lei N. 9.261, de 10 de janeiro de 1996. Dispõe sobre o exercício da profissão de secretário e dá outras providências. Brasília: Senado Federal. Recuperado em 10 jan. 2013 de < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9261.htm#art1>.

Lima, T. F. & Cantarotti, A. (2010) A formação e a construção de competências para a atuação do profissional de Secretariado Executivo: um estudo de caso em uma Empresa Júnior. Revista de Gestão e Secretariado (n. 3, pp.94-122). São Paulo. Recuperado em 8 mar. 2013 de .

Parasuraman, A. (1991). Pesquisa de marketing. São Paulo: Atlas.

Picchia, D. (2012). Competências gerenciais: caso de um hospital público. Debates Fundap. Recuperado em 16 jan. 2012 de http://www.fundap.sp.gov.br/debatesfundap/pdf/Gestao_de_Poi%C3%ADticas_Publicas/Compet%C3%AAncias_Gerenciais.pdf.

Quinn, R. E., Faerman, S. R. & Thompson, M. P. (2003). Competências gerenciais: princípios e aplicações. Rio de Janeiro: Elsevier.

Ribeiro, N. de L. A. (2005). Secretário: do escriba ao gestor (2a ed.). São Luis: Sosingra.

Richardson, R. J. (1999). Pesquisa social: métodos e técnicas (3a ed.). São Paulo: Atlas.

Seiblitz, V. M. de L. e. (1999). Supersecretária: o guia para a profissional que quer vencer na vida. São Paulo: Nobel.

Silva, J. S. da, Barros, C. de M. P. & Barbosa, M. F. S. (2012, julho/dezembro) Fundamentação da gestão secretarial: um estudo bibliométrico. Revista Gestão e Secretariado (Vol. 3, n. 2, pp. 106-126),. São Paulo. Recuperado em 10 jan. 2013 de,

http://revistagesec.org.br/ojs-2.2.4/index.php/secretariado/article/view/114/pdf_14>.

Teixeira, R. C. F. & Teixeira, I. S. (1998). Desenvolvimento das habilidades gerenciais através da liderança para a qualidade. Recuperado em 16 jun. 2012 de

Vergara, S. C. (2000). Projetos e relatórios de pesquisa em administração (3a ed.). São Paulo: Atlas.




DOI: https://doi.org/10.7769/gesec.v4i2.131

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Conceição de Maria Pinheiro Barros, Joelma Soares da Silva, Geovana Alves de Lima, Daniela Graciela Silva Brito

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

GeSec - Revista de Gestão e Secretariado | São Paulo, São Paulo, Brasil | e-ISSN:2178-9010

Para referências:

R. G. Secr., GESEC.

Licença Creative Commons
Esta Revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia