Didática de ensino aplicada por docentes-secretários executivos: quais as percepções de discentes?

Conceição de Maria Pinheiro Barros, José Nardel Oliveira da Silva, Letícia Santos da Rocha

Resumo


A docência na educação superior emerge como área de atuação secretarial e evidencia desafios relacionados ao domínio de conhecimentos pedagógicos. Esta pesquisa tem como objetivo analisar as percepções de discentes de Secretariado Executivo sobre as práticas de ensino de docentes-secretários executivos. Realizou-se uma pesquisa qualitativa e descritiva com a participação de 46 estudantes do curso de Secretariado Executivo de uma Universidade Federal do Nordeste. A coleta de dados foi realizada em dois momentos. O primeiro momento utilizou a aplicação de questionário. Na segunda fase, recorreu-se à técnica de entrevista. A interpretação dos dados foi feita por meio da análise de conteúdo. Os resultados denotaram que a didática de ensino aplicada pelos professores secretários executivos visa estratégias participativas e inclusivas, bem como uma fusão entre o mundo real e as leituras, ao englobar experiências reais. Os docentes-secretários possuem um vínculo com o Curso e a profissão, o que contribui para a construção de conhecimentos específicos e para a relação professor-aluno. Porém, a didática aplicada por secretários executivos que se tornam docentes é marcada por diversos desafios oriundos da ausência de uma formação pedagógica. Na perspectiva dos discentes, ainda existem desafios a serem superados em relação às estratégias, a fim de que promovam um ensino que atenda às necessidades dos educandos.


Palavras-chave


Educação superior. Didática de ensino. Docência em Secretariado Executivo.

Texto completo:

PDF

Referências


Adelino, F. J. S. (2012). As estratégias pedagógicas utilizadas no processo de ensino-aprendizagem: concepções dos alunos de secretariado executivo da UFPB. Revista de Gestão e Secretariado - GeSec, São Paulo, 3(1), 05-29, jan./jun. Recuperado em 12 abril, 2020, de https://www.revistagesec.org.br/secretariado/article/view/81.

Bardin, L. (2011). Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Barros, C. M. P., Silva, J. S., & Barros, A. P. C. H. (2016). Ensino com pesquisa: contribuições para a cientificidade na formação em Secretariado Executivo. Revista de Gestão e Secretariado. GeSec, São Paulo, 7(1), 67-84, jan./abr. Recuperado em 23 novembro, 2019, de https://www.revistagesec.org.br/secretariado/issue/view/17.

Brasil. (1996). Lei nº 9. 394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. 1996. Recuperado em 19 fevereiro, 2019, de .

Faria, D. S. & Reis, A. C. G. (2008). Docência em Secretariado Executivo. FAZU em Revista, Uberaba, (5). Recuperado em 29 janeiro, 2020, de http://www.fazu.br/ojs/index.php/fazuemrevista/article/view/61/55.

Feitosa, R. A. & Dias, A. M. I. (2019). Articulação entre ensino, pesquisa e extensão: Contribuições do programa de educação tutorial (PET) para a formação de graduandos em Biologia. Educação e formação. 4(12), 169-190, set./out. Recuperado em 11 abril, 2020, de https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/819/1315.

Freire, P. (2011). A Educação na cidade. São Paulo: Editora Cortez.

Freire, P. (1996). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 10. ed, Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Freire, P. (1987). Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Gauthier, C.,‎ Martineau, S., & Desbiens, J. (2013). Por uma teoria da Pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Rio Grande do Sul: Unijuí.

Gil, A. C. (2011). Didática do ensino superior. São Paulo: Atlas.

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo. Atlas.

Lakatos, E. M. & Marconi, M. A. (2009). Fundamentos de metodologia científica. 7.ed. São Paulo: Atlas.

Libâneo, J. C. (2006). Didática. São Paulo. Cortez.

Libâneo, J. C. (1994). Didática. São Paulo: Cortez.

Lopes, D. M., Barros, C. M. P., & Dias, A. M. I. (2015). Formação de professores: como os profissionais secretários Se preparam para o magistério superior? In Lima, I. B. & Vasconcelos, F. H. L. (Orgs.). Formação de professore, docência e avaliação educacional em debate: diálogos (im)pertinentes. Recife, PE: Imprima, 65-85.

Monteiro, C. T. & Barros, C. M. P. (2016). Práticas de ensino na educação superior: visão de docentes de Secretariado executivo. In Barros, C. M. P., Silva, J. S., & Dias, M. I. D. (Orgs). Secretariado executivo e educação: temas que se articulam pela formação, docência na educação superior e pesquisa científica. Fortaleza, CE: Edições UFC, 153-190.

Moran, J. M. (2006). Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologias audiovisuais e telemáticas. In Moran, J. M., Behrens, A. M., & Masetto, M. T. Novas tecnologias e mediações pedagógicas. 10ª. ed. São Paulo, SP: Parirus Editora, 11-66.

Pimenta, S. G. (2012). O Estágio na Formação de Professores: unidade teoria e prática?. 11. ed. São Paulo: Cortez Editora.

Pimenta, S. G. (1997). Didática e formação de professores. São Paulo: Cortez.

Pimenta, S. G. & Anastasiou, L. G. C. Docência no ensino superior. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2014.

Rodrigues, E. F. S. & Dias, A. M. I. (2016). Formação em secretariado executivo: relação entre conhecimento acadêmico e atuação profissional. In Barros, C. M. P., Silva, J. S., & Dias, M. I. D. (Orgs). Secretariado executivo e educação: temas que se articulam pela formação, docência na educação superior e pesquisa científica. Fortaleza, CE: Edições UFC, p. 21-48.

Sanches, F. C., Cielo, I. D., & Yaegashi, S. F. R. (2018). Formação didático-pedagógica dos bacharéis docentes: uma análise nos cursos de secretariado das instituições públicas de ensino superior do Brasil. Revista Capital Científico 16(4). Out/Dez. Recuperado em 8 abril, 2020, de https://revistas.unicentro.br/index.php/capitalcientifico/article/view/5163/pdf.

Souza, R. B. & Ribeiro, D. C. (2018). Narrativas de uma bacharela sobre a construção de suas práticas de professora na universidade pública. Revista de Gestão e Secretariado. São Paulo, 9(1), 90-107, jan./abr. Recuperado em 23 novembro, 2019, de https://www.revistagesec.org.br/secretariado/article/view/731/pdf.




DOI: https://doi.org/10.7769/gesec.v11i3.1110

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Conceição de Maria Pinheiro Barros, José Nardel Oliveira da Silva, Letícia Santos da Rocha

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

GeSec - Revista de Gestão e Secretariado | São Paulo, São Paulo, Brasil | e-ISSN:2178-9010

Para referências:

R. G. Secr., GESEC.

Esta Revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia